iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

22/05 - 09:42

Lista da Copa das Confederações é mesmo base para Copa do Mundo?
Veja os comparativos das últimas convocações para Copas das Confederações com relação às listas das Copas do Mundo

Por Mário André Monteiro, do iG Esporte

SÃO PAULO - Desde 1997, a Copa das Confederações é disputada um ano antes da Copa do Mundo. Muitos acreditam que a convocação para a primeira competição é a base do time que disputará o Mundial no ano seguinte. O técnico Dunga chamou 23 jogadores nesta quinta-feira para disputa da Copa das Confederações de 2009, mas será que todos esses nomes estarão na Copa de 2010, na África do Sul?

Com exceção do ano de 2001, quando Emerson Leão levou para Copa das Confederações um time reserva e Felipão convocou jogadores totalmente diferentes para Copa de 2002, os nomes das Copas do Mundo de 1998 e 2006 eram parecidos com os que disputaram a Confederações no ano anterior. Algumas mudanças foram feitas no período de um ano, mas a base foi mantida. Veja abaixo os convocados e compare:


Confederações de 1997 e Copa do Mundo de 1998

Zagallo era o técnico das duas equipes. Em 1997, o título. Em 1998, derrota na final. Sete jogadores convocados para Copa das Confederações foram preteridos para disputa da Copa do Mundo no ano seguinte. São eles o goleiro Rogério Ceni, os laterais Zé Maria e Russo, os meio-campistas Flávio Conceição, Rodrigo Fabri e Juninho Paulista e o atacante Romário. No caso do “Baixinho”, uma contusão na véspera da convocação o tirou do Mundial.

As novidades na Copa de 98 com relação à Copa das Confederações ficaram por conta do meio-campista Emerson, que substituiu Romário, do goleiro Carlos Germano, do folclórico lateral-direito Zé Carlos, do zagueiro André Cruz, do meio-campista Giovanni e do atacante Edmundo.

Copa das Confederações 1997 (22 convocados)
Goleiros: Dida e Rogério Ceni
Laterais: Cafu, Roberto Carlos, Zé Maria e Russo
Zagueiros: Aldair, Junior Baiano e Gonçalves
Meio-campistas: Dunga, César Sampaio, Doriva, Flávio Conceição, Zé Roberto, Rodrigo Fabri, Rivaldo, Juninho Paulista e Leonardo
Atacantes: Ronaldo, Romário, Bebeto e Denílson

Copa do Mundo de 1998 (22 convocados)
Goleiros: Taffarel, Carlos Germano e Dida
Laterais: Cafu, Roberto Carlos e Zé Carlos
Zagueiros: Aldair, Junior Baiano, Gonçalves e André Cruz
Meio-campistas: Dunga, César Sampaio, Doriva, Emerson, Rivaldo, Zé Roberto, Giovanni e Leonardo
Atacantes: Ronaldo, Bebeto, Edmundo e Denílson


Confederações de 2001 e Copa do Mundo de 2002
Leão tinha o aval da CBF para convocar um time praticamente reserva para o torneio de 2001. Levou muitas caras novas e a seleção decepcionou. Venceu somente um jogo, contra Camarões, logo na estreia. Depois, ainda na primeira fase, empatou com Canadá e Japão. Perdeu para França na semifinal e foi derrotada na disputa de 3º lugar para Austrália.

No desembarque da seleção em terras nacionais, o técnico Emerson Leão foi demitido ainda no aeroporto. Felipão assumiu seu lugar levando o Brasil ao pentacampeonato da Copa no ano seguinte. Da equipe que fez o papelão em 2001, apenas quatro nomes estiveram na campanha vitoriosa de 2002: o goleiro Dida, os zagueiros Lúcio e Edmilson e o volante Vampeta.

Copa das Confederações 2001 (23 convocados)
Goleiros: Dida, Carlos Germano e Fábio Costa
Laterais: Zé Maria, Léo, Evanilson e Gustavo Nery
Zagueiros: Lúcio, Edmilson, César e Cláudio Caçapa
Meio-campistas: Leomar, Carlos Miguel, Fábio Rockemback, Ramon, Vagner, Julio Baptista, Vampeta e Robert
Atacantes: Sonny Anderson, Washington, Leandro Amaral e Magno Alves

Copa  do Mundo de 2002 (23 convocados)
Goleiros: Marcos, Dida e Rogério Ceni
Laterais: Cafu, Roberto Carlos, Belletti e Júnior
Zagueiros: Lúcio, Edmilson, Roque Junior e Anderson Polga
Meio-campistas: Kléberson, Gilberto Silva, Vampeta, Juninho Paulista, Rivaldo, Ronaldinho Gaúcho, Kaká e Ricardinho
Atacantes: Ronaldo, Denílson, Edílson e Luizão


Confederações de 2005 e Copa do Mundo de 2006
Com Parreira, a seleção brasileira conquistou a Copa das Confederações. Quem não se lembra daquela final sensacional contra a Argentina, 4 a 1, com show de Kaká e Adriano. Oito jogadores que estiveram nesta competição não foram para Copa no ano seguinte. Os goleiros Marcos e Gomes, os laterais Maicon e Léo, o zagueiro Roque Junior, os meias Renato e Júlio Baptista e os atacantes Ricardo Oliveira e Edu.

Para o Mundial de 2006, o treinador chamou Rogério Ceni e Júlio César para o gol, Cafu e Roberto Carlos foram os laterais, Mineiro e Ricardinho também fizeram parte da lista, além dos atacantes Ronaldo e Fred. Esses nomes não estiveram na campanha vitoriosa na Copa das Confederações, mas participaram da dolorosa eliminação para França, um ano depois.

Copa das Confederações 2005 (23 convocados)
Goleiros: Dida, Marcos e Gomes
Laterais: Cicinho, Gilberto, Maicon e Léo
Zagueiros: Lúcio, Roque Junior, Juan e Luisão
Meio-campistas: Emerson, Zé Roberto, Gilberto Silva, Renato, Juninho Pernambucano, Julio Baptista, Kaká e Ronaldinho Gaúcho
Atacantes: Adriano, Robinho, Ricardo Oliveira e Edu

Copa do Mundo de 2006 (23 convocados)
Goleiros: Dida, Rogério Ceni e Júlio César
Laterais: Cafu, Roberto Carlos, Cicinho e Gilberto
Zagueiros: Lucio, Juan, Cris e Luisão
Meio-campistas: Emerson, Gilberto Silva, Zé Roberto, Mineiro, Juninho Pernambucano, Ricardinho, Ronaldinho Gaúcho e Kaká
Atacantes: Ronaldo, Adriano, Robinho e Fred


Leia mais sobre: Seleção brasileira Copa do Mundo Copa das Confederações

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


EFE

Seleção brasileira

Brasil campeão em 2005
Oito jogadores que venceram a última Copa das Confederações não estiveram na Copa do Mundo

Topo
Contador de notícias