iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

21/05/2009 - 11:01

Apesar de dispensado, Gomes nega rancor do Monaco
"O rancor deixa você doente. O Monaco é um grande clube e eu estou orgulhoso dos meus resultados", disse ex-zagueiro

Gazeta Esportiva

PARIS (França) - Dispensado do comando do Monaco após se reunir com o presidente do clube, Etienne Franzi, momentos depois de a equipe empatar por 1 a 1 com o Valenciennes, o ex-zagueiro Ricardo Gomes garantiu deixar o clube com a consciência tranquila.

Apesar de o Monaco ocupar somente a 11ª colocação no Campeonato Francês, Gomes entende ter feito um bom trabalho no clube durante os dois anos em que permaneceu à frente da equipe. Mas afirmou sair sem guardar mágoas de ninguém.

"Vou embora sem rancores. O rancor deixa você doente. O Monaco é um grande clube e eu estou orgulhoso dos meus resultados", assegurou, para, na sequência se contradizer e deixar clara uma pontinha de tristeza. "Mesmo que seja o único (a estar orgulhoso)".

Ricardo Gomes, que traz na carreira passagens pela seleção brasileira pré-olímpica (que ficou fora dos Jogos de Atenas, em 2004), Sport, Juventude, Fluminense, PSG e Bordeaux, informou que ainda não tem planos futuros ou convites para dar sequência à vida de treinador.

 


Leia mais sobre: Monaco Ricardo Gomes

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias