iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

17/05/2009 - 20:27

Fator casa prevalece e Náutico vence Cruzeiro por 2 a 0
O time pernambucano utilizou muito bem o fator casa, pois a chuva deixou o gramado dos Aflitos ainda pior que o de costume e fez a diferença na vitória por 2 a 0

Gazeta Esportiva

RECIFE - Pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, o Náutico venceu o Cruzeiro por 2 a 0 no início da noite deste domingo. O time pernambucano utilizou muito bem o fator casa, pois a chuva deixou o gramado dos Aflitos ainda pior que o de costume e fez diferença o conhecimento do campo. 

Veja os gols do Náutico

O Timbu chegou a quatro pontos no Brasileirão, contra três da Raposa. O Cruzeiro volta a campo no próximo sábado, quando enfrenta o Vitória, no Mineirão. O Náutico tem um compromisso fora de casa, diante do Atlético-PR, no domingo.


O jogo (Veja como foi a partida no lance a lance do Placar iG) 
As duas equipes vieram a campo com novidades. Waldemar Lemos escalou Eduardo Eré e Wellington nas laterais, promoveu a estreia do volante Júnior Carioca e colocou Carlinhos Bala ao lado de Gilmar no ataque. Já Adilson Batista poupou Léo Fortunato, escalando a zaga com Gustavo e Leonardo Silva, colocou Athirson na lateral-esquerda e Elicarlos no meio-campo, liberando Ramires para jogar como armador.

O gramado pesado de chuva e a presença de muitos volantes fizeram com que o jogo ficasse muito pegado, preso no meio-campo. Com isto, o primeiro tempo teve poucas emoções.

O Náutico levou perigo em duas oportunidades com Carlinhos Bala. Na primeira, ele chutou prensado com Leonardo Silva e a bola foi para fora. Na segunda, ele bateu fraco, mas Fábio não conseguiu segurar e a defesa afastou.

O Cruzeiro também teve dois lances de destaque, ambos com Athirson. Um foi um lindo chute de fora da área, que Eduardo saltou para defender na gaveta. O outro foi um chute de Thiago Ribeiro, que Athirson desviou de cabeça e o goleiro alvirrubro teve dificuldades para segurar.

Jogando em casa, o Náutico resolveu arriscar no segundo tempo. O atacante Anderson Lessa entrou no lugar do volante Júnior Carioca, deixando o jogo mais aberto e movimentado.

A primeira boa chance foi do Cruzeiro. Athirson acertou um lançamento preciso para Thiago Ribeiro, mas o goleiro Eduardo saiu bem, reduziu o ângulo do atacante e fez boa defesa.

O Náutico respondeu rápido. Gilmar recebeu bom passe pela esquerda da área e teve tempo e espaço para ajeitar o corpo antes de finalizar. Ele chutou forte e acertou o travessão de Fábio.

Mais incisivo, o time pernambucano abriu o placar. Derlei recuperou a bola na saída de bola do Cruzeiro, tabelou com Gilmar e penetrou livre pelo meio da defesa. Ele chegou na cara do gol e tocou com calma na saída do goleiro Fábio, aos 12 minutos.

O Cruzeiro passou a buscar o ataque com mais vontade e menos organização, oferecendo um prato cheio para o veloz ataque alvirrubro. Aos 26 minutos, Carlinhos Bala recebeu um lançamento, em contra-ataque, e, ao perceber a saída de Fábio, tocou por cobertura, marcando um golaço.

O empate celeste era improvável. O time estava sem capacidade de criação, pela falta de um meia armador e pela lama que se acumulava no gramado dos Aflitos. Enquanto isto, o Timbu deitava e rolava. Anderson Lessa chegou absolutamente livre num contra-ataque e só não marcou o terceiro porque Fábio fez excepcional defesa.

O Cruzeiro insistiu até o fim da partida, levou perigo real em duas oportunidades, com Marquinhos Paraná e Thiago Ribeiro, mas não conseguiu descontar.

FICHA TÉCNICA: NÁUTICO 2 X 0 CRUZEIRO

Local: Estádio dos Aflitos, em Recife (PE)
Data: 17 de maio de 2009, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Wagner Tardelli Azevedo (SC)
Assistentes: Alcides Zawaski Pazetto e Marco Antônio Martins (ambos de SC)
Cartões amarelos: Eduardo Eré, Dinda (Náutico); Gustavo, Gerson Magrão, Elicarlos (Cruzeiro)
Gols:Derlei, aos 12, e Carlinhos Bala, aos 26 minutos do segundo tempo

NÁUTICO: Eduardo; Eduardo Eré, Vagner, Asprilla e Wellington; Júnior Carioca (Anderson Lessa), Johnny, Derlei (Luiz Alberto) e Dinda (Negrete); Carlinhos Bala e Gilmar
Técnico: Waldemar Lemos

CRUZEIRO: Fábio; Jonathan, Gustavo, Leonardo Silva e Athirson (Gerson Magrão); Fabrício, Marquinhos Paraná, Elicarlos e Ramires; Thiago Ribeiro (Zé Carlos) e Wellington Paulista (Wanderley)
Técnico: Adilson Batista


Leia mais sobre: Náutico Cruzeiro

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

nautico bate cruzeiro nos aflitos

Naútico
Equipe aproveitou o fator casa para bater o "favorito" Cruzeiro e conquistar sua 1ª vitória

Topo
Contador de notícias