iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

07/05 - 02:23

Torcida do Corinthians chama 'He-man' de She-ha

Torcedores no Pacaembu provocaram Rafael Moura, jogador do Atlético-PR que já teve passagem pelo time do Parque São Jorge

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - A torcida do Corinthians parou de gritar "olé", no final do jogo contra o Atlético-PR, para provocar o atacante Rafael Moura. Apelidado de 'He-man', o jogador com passagem pelo Parque São Jorge em 2006 foi chamado de 'She-ha' (personagem feminina do mesmo desenho animado) pelos corintianos.

Rafael Moura havia marcado o segundo gol do Atlético-PR sobre o Corinthians na vitória por 3 a 2 de sua equipe na semana passada, na Arena da Baixada. O lateral-esquerdo André Santos reclamou de ser ofendido como "jogador de Segunda Divisão" pelo atacante na ocasião. "O André está fazendo uma trajetória muito boa no Corinthians, diferentemente do Rafael", também polemizou o técnico Mano Menezes.

Nesta quarta-feira, no Pacaembu, o volante Cristian era um dos corintianos que ainda estavam irritados com o 'He-man'. "Ele fez gracinha e desmereceu o Corinthians, falando que o nosso time é de Segunda Divisão. Mas a gente mostrou que é forte, que está na Série A e é preciso respeitar", desabafou o jogador. "Ele fez lá e tomou aqui", acrescentou.

Rafael Moura teve poucas oportunidades para marcar mais um gol no Corinthians. "O Wallyson ficou com as melhores oportunidades do jogo, uma no primeiro e outra no segundo tempo", percebeu o atacante, para quem as críticas poderiam recair sobre o seu companheiro de ataque no Atlético-PR. "Não vamos jogar toda a responsabilidade dele nem crucificá-lo."


Leia mais sobre: Corinthians Atlético-PR Copa do Brasil

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias