iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

03/05/2009 - 20:58

Jogadores comemoram versatilidade do elenco do Cruzeiro
Ao todo, 26 jogadores foram utilizados na campanha; mesmo atletas que não jogaram neste domingo desceram ao gramado e deram a volta olímpica

 

Gazeta Esportiva

BELO HORIZONTE - Na grande maioria dos jogos deste Campeonato Mineiro, o técnico Adilson Batista mesclou titulares e reservas na equipe do Cruzeiro. Foi o que aconteceu também neste domingo, quando o empate por 1 a 1 contra o Atlético-MG foi o suficiente para garantir o bicampeonato. Ao todo, 26 jogadores foram utilizados na campanha.

Pela importância que tiveram a variedade de opções e a utilidade do elenco na conquista do título, nada mais justo que dividir os méritos e o direito de comemorar. Por isto, mesmo atletas que não jogaram neste domingo desceram ao gramado e deram a volta olímpica.

"A gente fica um pouco triste por ter ficado só sentado, mas muito feliz pela campanha que fizemos, pelo jogo de hoje (domingo) e pelo jogo passado. Eu dedico esta vitória a todos os torcedores", disse o lateral Jonathan, que foi poupado.

O volante Ramires não atuou no clássico deste domingo porque estava suspenso. Um dos jogadores mais conhecidos do elenco, ele destaca que só é possível fazer este rodízio com eficiência pelo bom clima que há entre os atletas.

"Respeito e união, acho que isto é fundamental. Se você montar um time onde ninguém se conhece fica difícil. Então eu acho que o Adilson (Batista, técnico do Cruzeiro) soube levar muito bem este time", elogiou.

"Acho que isto é só o começo. Nós podemos pensar que somos os melhores do mundo, mas não somos. Temos que trabalhar bastante para chegarmos aos objetivos mais à frente", acrescentou o jogador.

A campanha também marcou o lateral Sorín. O argentino participou de apenas quatro partidas no torneio, incluindo a deste domingo. Ele entrou já nos minutos finais, atendendo a pedidos da torcida, e pôde sentir como é estar em campo e ser campeão mineiro pela primeira vez na carreira.

"Esta sensação é muito boa, ser o melhor do estado com este time. Estou orgulhoso dos meus companheiros, do time de que sou torcedor e jogador. Amo muito o Cruzeiro", comemorou o argentino.


Leia mais sobre: Cruzeiro

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias