iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

26/04/2009 - 18:26

Para o Flamengo, empate foi sorte; para o Botafogo, fatalidade

Rubro-negros conseguiram um gol no final do 2º tempo e deixaram tudo igual no Carioca

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Mais uma vez, um gol contra mudou a história de uma decisão entre Flamengo e Botafogo. O alvinegro vencia por 2 a 1 a primeira partida da final do Campeonato Carioca quando Willians tentou finalizar pela direita, a bola desviou no braço do zagueiro Emerson e tirou Renan do lance. Para o Flamengo, foi um lance de sorte. Para o Botafogo, uma fatalidade.

"Perdemos muito a bola hoje, mas, felizmente, tivemos a sorte de conseguir o empate", afirmou o meia Kleberson, aliviado pelo gol no final do confronto. "Temos, agora, uma semana para trabalhar e melhorar para o próximo jogo", continuou o jogador, aliviado. Já para o zagueiro Juninho, o sentimento era de lamentação.

"Foi uma fatalidade. O jogador deles foi cruzar a bola e desviou em um jogador nosso", disse o capitão do Botafogo, que ainda tentou ver o lado positivo do resultado: "O importante é que o time atuou muito bem. O Flamengo é um time técnico, por isso vamos trabalhar bem a semana e perseverar para termos tudo para buscar o título".

Mentor do gol de empate, Willians era só comemoração, mesmo admitindo que a partida protagonizada ficou longe de ser boa: "Fui feliz no0 lance. Fiz uma boa jogada. Não fui bem no jogo, mas tive a felicidade de fazer o gol. Realmente, o time não esteve tão bem, mas a torcida está de parabens".


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias