iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

24/04/2009 - 20:09

Para Santos não perder o respeito, Mano condena retranca corintiana
"É muito difícil prever o que vai acontecer em uma partida de futebol, mas é óbvio que o Santos vai nos marcar de forma mais adiantada", disse; assista vídeo 

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O técnico Mano Menezes deu a dica sobre o estilo de jogo que o Corinthians terá na Vila Belmiro neste domingo, na primeira partida da final do Campeonato Paulista contra o Santos. Prevendo um Peixe ousado, que tentará impor um ritmo ofensivo forte a partir das 16 horas (de Brasília), o gaúcho à frente do Timão quer seu time sabendo suportar a pressão - mas também preparado para atacar.

"É muito difícil prever o que vai acontecer em uma partida de futebol, mas é óbvio que o Santos vai nos marcar de forma mais adiantada", anteviu Mano, que para sair campeão do Estadual pode ficar com dois resultados iguais. Mas, apesar de um empate na Vila ser satisfatório para o Corinthians a partir desta vantagem, o treinador quer ação.

"Cabe a nós saber sair da marcação que o Santos vai fazer. Teremos que encontrar os corredores, os espaços abertos, e quebrar o ritmo de jogo para neutralizar a força inicial do adversário", salientou. "Depois disso, precisamos jogar. Caso contrário, o adversário perde o respeito pelo nosso time", avisou.

Em outras palavras, o Corinthians não poderá se acanhar mesmo em uma Vila Belmiro tomada por 18 mil torcedores, que esgotaram os ingressos logo no primeiro dia de venda, na quinta-feira. Mano espera que seus homens consigam, em Santos, uma apresentação semelhante às que o Timão teve nas semifinais contra o São Paulo.

"Quero muito que a minha equipe repita muito do que fizemos contra o São Paulo. Um nível de atuação melhor é importante porque nos dá confiança, como fizemos nessas duas últimas partidas do Paulistão", complementou.

Vídeo: Mano não quer saber de retranca na Vila


Leia mais sobre: Santos Corinthians

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

mano menezes corinthians sao paulo

Mano Menezes
Técnico entende que o Santos deve pressionar mas o Corinthians não pode jogar todo acuado

Topo
Contador de notícias