iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

23/04 - 21:30

Com golaço de Júnior, Galo vence Guará e se classifica na Copa do Brasil

Com uma vitória por 2 a 0, o Atlético se classificou para a próxima fase da competição, já que havia empatado o primeiro duelo em 2 a 2

Gazeta Esportiva

BELO HORIZONTE - O Atlético Mineiro venceu o Guaratinguetá por 2 a 0, no Mineirão, e se garantiu nas oitavas-de-final da Copa do Brasil. Foi uma vitória tranquila, com um gol marcado por Diego Tardelli logo no início e outro - um golaço de Júnior - bem no fim. O Galo foi superior durante quase toda a partida e foi pouco ameaçado. No jogo de ida, os dois times tinham empatado por 2 a 2, no interior de São Paulo.

Classificado, o time de Belo Horizonte continua dividido entre duas competições. No domingo, começa a decisão do Campeonato Mineiro, contra o Cruzeiro. No meio da outra semana, o adversário será o Vitória, pela Copa do Brasil. Já o Guará começa o planejamento para a Série C do Campeonato Brasileiro, que começa no fim de maio.


O jogo - veja como foi a partida no lance a lance do Placar iG
O Atlético queria decidir a partida rápido. Desde a primeira jogada, o time se lançou ao ataque, levantando a torcida e deixando o Mineirão barulhento. Com dois minutos de jogo, Diego Tardelli aproveitou erro da defesa, tentou cortar o goleiro e foi derrubado na área. Cobrando o pênalti com paradinha, o artilheiro atleticano abriu o placar com apenas três minutos.

O gol tão cedo fez com que a pressão inicial terminasse. Mesmo com a torcida do Galo empolgada, o Guaratinguetá conseguiu pôr a cabeça no lugar e passou a ameaçar o gol adversário. Inicialmente, o perigo veio em forma de cobranças de falta. Pouco depois, Magal foi lançado na área e o goleiro Édson saiu bem para fechar o ângulo.

O jogo era franco, aberto, com boas chances para cada lado. Aos 21 minutos, Márcio Araújo perdeu ótima chance de ampliar para o Galo. Diego Tardelli cobrou falta na barreira e a bola sobrou limpa na área. O volante chegou livre mas chutou em cima do goleiro Fernando.

Pouco depois, o goleiro voltou a salvar o Guará. Éder Luís puxou contra-ataque pela esquerda, em jogada individual. Muito veloz, o atacante deixou Edson Rocha para trás e entrou na área pela beirada, em direção ao gol. Já na pequena área, ele tentou a finalização, mas a bola pegou no joelho de Fernando e saiu pela linha de fundo.

O Atlético ainda chegou a ter mais uma boa chance numa cabeçada de Éder Luís, bem defendida por Fernando, mas o ritmo do jogo caiu um pouco nos minutos finais do primeiro tempo e os atletas desceram para os vestiários com vantagem alvinegra de 1 a 0 no placar.

Na segunda etapa, Leão promoveu a estreia de Alessandro, que entrou no lugar de Lopes. Com esquema novo - 4-3-3 em vez de 4-4-2 -, o Galo continuou melhor. Logo de cara, Diego Tardelli recebeu lançamento e bateu na saída do goleiro. Fernando fez defesa parcial e, no rebote, a cabeçada do atacante atleticano passou perto da trave.

Enquanto o primeiro tempo foi emocionante, o segundo foi monótono. A equipe visitante parecia cansada e tinha problemas para sair para o ataque. Sem velocidade, os jogadores não criavam e não conseguiam ameaçar o Atlético. Já no fim da partida, Wellington Amorim chegou a balançar as redes, mas o gol de empate não foi validado por causa de impedimento.

Tudo se encaminhava para que o placar se encerrasse no magro 1 a 0, mas o destino reservava mais um gol para o Atlético. Aos 42 minutos, o lateral Júnior aparentemente tentou cruzar, mas a bola foi direto para o gol, encobrindo o goleiro. Golaço e festa da torcida do Galo.

FICHA TÉCNICA: ATLÉTICO-MG 2 X 0 GUARATINGUETÁ

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 23 de abril de 2009, quinta-feira
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Assistentes: Ricardo Ferreira de Almeida e Jackson Massarra dos Santos (ambos do RJ)
Cartões amarelos: Careca (Guaratinguetá); Éder Luís, Rafael Miranda, Marcos Rocha (Atlético)
Gol:
ATLÉTICO-MG: Diego Tardelli, aos três minutos do primeiro tempo; Júnior, aos 42 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-MG: Édson; Marcos Rocha, Marcos, Leandro Almeida e Júnior; Renan, Márcio Araújo (Rafael Miranda), Carlos Alberto e Lopes (Alessandro); Éder Luís (Kléber) e Diego Tardelli
Técnico: Emerson Leão

GUARATINGUETÁ: Fernando; Edson Rocha, Nino (Thiago Saletti) e Rocha; Dedimar, Careca (Thiago Furtuoso), Gil, Magal, Nenê e Guaru (Lins); Wellington Amorim
Técnico: Candinho Farias

Leia mais sobre: Atlético-MG Guaratinguetá Copa do Brasil

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

diego tardelli marca na vitória do atlético-mg

Diego Tardelli
Atacante marcou o primeiro gol, que impulsionou a vitória e a classificação do Galo na Copa do Brasil

Topo
Contador de notícias