iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

07/04 - 09:38

Depois de Parreira, Kaká sai em defesa de Adriano
Meia negou que o atleta esteja passando por uma depressão, conforme especulado por parte da mídia

Gazeta Esportiva

MILÃO (Itália) - Em maus lençóis junto à direção da Internazionale de Milão por ter desaparecido do clube desde a partida entre Brasil e Peru, o atacante Adriano ganhou uma série de 'advogados de defesa', todos eles de peso no cenário futebolístico mundial.

Depois de o técnico Carlos Alberto Parreira, do Fluminense, ter afirmado que o 'Imperador' é uma pessoa "disciplinada e meiga", foi a vez do jogador Kaká, craque do Milan e rival do atacante no Campeonato Italiano, ter saído em defesa do camisa dez da líder do Cálcio.

Companheiro de Adriano nas sessões de fisioterapia a que foi submetido durante alguns dias na Granja Comary antes dos jogos da seleção brasileira diante de Equador e Peru, Kaká deu seu testemunho sobre o goleador. E negou que o atleta esteja passando por uma depressão, conforme especulado por parte da mídia.

"Fizemos fisioterapia juntos por alguns dias. Ali o vi tranqüilo e sereno, sem nenhum problema", afirmou Kaká, apostando que o sumiço do atacante da Inter tenha acontecido por conta de um mal-entendido.

"Entendi que ele tivesse pedido um dia de folga (antes de voltar à Itália), mas não foi isso que a Inter disse. Esperamos o seu bem e, sobretudo, que não pare, porque é um cara muito bom", finalizou.

 


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias