iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

03/04 - 00:34

Fernando Carvalho e Tite desprezam números e pedem respeito com Grêmio

Maior preocupação do treinador da equipe do Beira-Rio é não deixar o bom momento do time ruir, em virtude de desatenções

Gazeta Esportiva

PORTO ALEGRE - O próximo confronto do Internacional no Campeonato Gaúcho será o Grêmio, em jogo válido pelas quartas-de-final da Taça Fábio Koff. O jogo será único e eliminatório. O confronto está marcado para o próximo domingo, às 17 horas. E mesmo com a boa campanha, o técnico Tite e o vice-presidente de futebol, Fernando Carvalho, não consideram o Colorado favorito para se classificar.

A maior preocupação do treinador da equipe do Beira-Rio é não deixar o bom momento do time ruir, em virtude de desatenções, uma vez que haverá apenas uma partida para definir quem irá para as semifinais.

"O Inter sempre tem que vencer. É jogo único. A margem de erro é muito pequena, há a possibilidade de ir para pênaltis. É muito boa essa campanha, mas na medida em que não tem o jogo de volta é uma tensão total. A grandeza do clássico e da rivalidade é sempre igual", comentou Tite.

Quem fez coro ao técnico foi o eterno presidente colorado, Fernando Carvalho. Apesar de se mostrar surpreso com a campanha ruim do Tricolor, o dirigente pregou respeito ao Grêmio, mas lembrou a meta do Inter em 2009: ganhar tudo.

"Eu não esperava (o Grêmio nas quartas-de-final). Mas a gente vai enfrentar o que vier, com muito respeito. Queremos vencer todas as competições e estamos trabalhando para isso. A gente é superior nas estatísticas, mas na hora do vamos ver não tem superioridade. As estatísticas mentem que a gente está melhor que é o adversário, mas é um jogo só e melhor é quem ganhar", avaliou Carvalho na Rádio Guaíba.

Fábrica de atacantes 
Com a boa atuação do atacante Walter, o técnico Tite ganhou mais uma boa opção para o ataque. Formado na mesma escola de Maicon Librelato, Nilmar, Rafael Sóbis, Wellington e Alexandre Pato, o camisa 11 foi elogiado pelo comandante, que pediu paciência para o crescimento do avante.

"Ele está amadurecendo. Falta tempo, regularidade. Veja o Taison: ele foi entrando aos poucos, participando dos jogos. O Walter tem que ver a força física que lhe permite uma boa movimentação. A gente vai dando oportunidade, mas ele está em processo de maturidade", analisou Tite.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias