iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

25/03 - 23:50, atualizada às 00:56 26/03

Ronaldo marca duas vezes, mas Corinthians só empata; assista

Apesar dos gols do Fenômeno, Timão não conseguiu sustentar a vantagem e sofreu o empate para a Ponte, no Pacaembu

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Ronaldo voltou a ser destaque do Corinthians na noite desta quarta-feira, no Pacaembu. Após atuação discreta na vitória sobre o Santos, domingo, o atacante marcou dois gols para a sua equipe diante da Ponte Preta. Leandrinho e Gum, porém, asseguraram aos visitantes o empate por 2 a 2.

O Corinthians continua muito próximo de confirmar classificação às seminais do Campeonato Paulista, mesmo com o empate. Passou a somar 34 pontos, agora seis de desvantagem para o líder Palmeiras. No sábado, terá outro time de Campinas pela frente. Enfrentará o Guarani, no estádio Brinco de Ouro da Princesa.

Já a Ponte Preta totaliza 20 pontos ganhos e prossegue no meio da tabela do Estadual. Na próxima rodada, domingo, receberá o Guaratinguetá no estádio Moisés Lucarelli.

Assista aos gols da vitória corintiana no Pacaembu:




O jogo - veja como foi lance a lance do Placar iG
Diferentemente do clássico contra o Santos, os torcedores encontravam facilidade para se acomodar nas cadeiras do Pacaembu. Corintianos posicionados na área vip sequer se preocuparam em respeitar o número de seus assentos. "O meu lugar não é esse, mas certamente não vai chegar ninguém para me tirar daqui", sorriu um senhor.

O público só ficou eufórico quando o placar eletrônico anunciou a escalação de Ronaldo - o Corinthians já havia entrado em campo há cerca de cinco minutos. Quando a partida começou, no entanto, a equipe de Mano Menezes também demonstrou lentidão. Com mais posse de bola, só conseguia assustar a Ponte Preta, de fato, em cobranças de falta.

Cristian foi o que mais procurou o gol em jogadas de bola parada. Em uma das cobranças do volante, Ronaldo cabeceou a bola para o chão e obrigou o goleiro Aranha a fazer bela defesa. Foi o suficiente para animá-lo, ainda mais depois que Chicão por pouco não marcou em chute de falta. No instante em que a torcida começava a vibrar com o atacante, no entanto, a Ponte Preta chegou ao gol.

Aos 32 minutos, na única vez em que foi exigida, a defesa do Corinthians parou. Reclamava impedimento de Leandrinho, que avançou livre de marcação e encobriu o goleiro Felipe para abrir o placar: 1 a 0. Desta vez, o time da casa fez jus aos gritos que ecoavam das arquibancadas: "Não para, não para, não para". Demorou pouco tempo para a partida ficar novamente empatada.

Ronaldo caiu dentro da área da Ponte Preta aos 35 minutos, e o árbitro Robinson José Andréa de Góes fez pose para assinalar o pênalti. O próprio astro cobrou, com categoria, e marcou: 1 a 1. O Corinthians quase ampliou em seguida, em um cabeceio cruzado de Dentinho, porém não chegou à virada no primeiro tempo. Restaram reclamações à arbitragem no intervalo. Dos dois lados.

Logo no início do segundo tempo, a Ponte Preta encontrou mais um motivo para chiar. Edílson cometeu falta dura sobre Wellington Saci, recebeu o segundo cartão amarelo e o vermelho. De imediato, o técnico Mano Menezes aproveitou para reforçar o ataque do Corinthians. Atendeu a pedidos de torcedores e sacou o meia Douglas, que saiu vaiado, para a entrada de Otacílio Neto.

O Corinthians logo marcou o segundo gol. Aos 12 minutos, Ronaldo recebeu a bola dentro da área da Ponte Preta, girou em cima da marcação de Gum e chutou no canto, sem chances de defesa para Aranha. Golaço. O Fenômeno correu em direção às arquibancadas para comemorar, no momento em que já era ovacionado, de pé, pelos torcedores.

Com Tinga no lugar de Deda, entretanto, a Ponte Preta não se abateu. Conseguiu empatar aos 30 minutos, quando o zagueiro Gum aproveitou cobrança de falta de Guilherme e cabeceou para o gol: 2 a 2. No final do jogo, Chicão quase marcou em cobranças de falta e o técnico Mano Menezes buscou a vitória de todas as formas. Até mesmo com os criticados Lulinha e Souza em campo. Não foi o bastante.

FICHA TÉCNICA: CORINTHIANS 2 X 2 PONTE PRETA

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 25 de março de 2009, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Robinson José Andréa de Góes
Assistentes: Cláudio Roberto da Costa e Fábio Rogério Baesteiro
Público: 19.945 pagantes (total de 20.826)
Renda: R$ 506.261,00
Cartões amarelos: Cristian (Corinthians); Edílson, Willian, Gum, Jean (Ponte Preta)
Cartão vermelho: Edílson (Ponte Preta)
Gols: CORINTHIANS: Ronaldo, aos 36 minutos do primeiro tempo e aos 12 minutos do segundo tempo; PONTE PRETA: Leandrinho, aos 32 minutos do primeiro tempo; Gum, aos 30 minutos do segundo tempo

CORINTHIANS: Felipe; Alessandro, Diego (Souza), Chicão e Wellington Saci; Cristian, Elias, Boquita e Douglas (Otacílio Neto); Dentinho (Lulinha) e Ronaldo
Técnico: Mano Menezes

PONTE PRETA: Aranha; Edílson, Gum, Jean e Alessandro; Deda, Guilherme, Dener (Tinga), Willian e Leandrinho (Bia); Márcio Mexerica (Savoia)
Técnico: Marco Aurélio


Leia mais sobre: Corinthians Ronaldo Ponte Preta

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

ronaldo marca dois e corinthians só empata

Ronaldo
Após passar clássico em branco, Fenômeno marcou dois gols e garantiu o empate

Topo
Contador de notícias