iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

03/02 - 12:01, atualizada às 16:21 03/02

Amauri descarta Itália e quer nova chance com Dunga

"Não existe a menor chance de eu atuar pela Itália contra o Brasil", disse o atacante, esperançoso em defender a amarelinha

Redação iG Esporte com agências

TURIM (Itália) - Depois de ver frustrado seu sonho de defender a seleção brasileira diante da Itália no amistoso do próximo dia 10 de fevereiro, em Londres, graças à intransigência da Juventus, que não aceitou liberá-lo, o atacante Amauri deu o troco e mandou um recado aos dirigentes da Azzurra.

Em entrevista ao canal Esporte Interativo, o centroavante, que está perto da adquirir cidadania italiana, assegurou que não há a 'menor possibilidade' de aceitar uma convocação de Marcelo Lippi para atuar pelo time azul no confronto marcado para o estádio do Arsenal, em Londres.

"Não existe a menor chance de eu atuar pela Itália contra o Brasil", disparou Amauri, emendando, na sequência, que continuará batalhando para receber novas oportunidades com o técnico Dunga no time verde e amarelo.

"Vou seguir me dedicando ao clube e buscando meu espaço na seleção. Espero ser lembrado por Dunga nas próximas convocações", concluiu Amauri, que só não foi liberado para substituir Luis Fabiano porque seu chamado ocorreu após o prazo estabelecido pela Fifa.

Caso encerrado
O presidente da Juventus, Giovanni Cobolli Gigli, voltou a comentar o veto do clube italiano à primeira convocação do atacante brasileiro. Gigli afirmou que tomou a decisão somente "porque tinha o interesse de que Amauri continuasse na Juventus".

"(O diretor-executivo Jean Claude) Blanc e (o diretor-esportivo, Alessio) Secco conversaram com Amauri e lhe disseram que não queríamos deixá-lo jogar contra o Brasil, e ele concordou", explicou o presidente do clube.

Na mesma linha, o técnico do clube, Claudio Ranieri, explicou que a Juventus não está "em condições" de liberar o jogador, devido à recente queda no rendimento da equipe. O time italiano perdeu as duas últimas partidas do Campeonato Italiano e viu o Milan passar à sua frente, na vice-liderança da competição.

*Com Gazeta Esportiva e Ansa


Leia mais sobre: Amauri seleção brasileira Juventus

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


US

amauri

Amauri
Mesmo bem cotado para virar jogador da Itália, atacante espera chance na seleção brasileira

Topo
Contador de notícias