iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

02/02 - 20:34

Sob chuva, Brasil vence Argentina e é líder do Sul-Americano Sub-20

Brasileiros superaram gramado ruim e, após tumulto nos últimos minutos, chegaram aos seis pontos no hexagonal final

Gazeta Esportiva

MATURÍN (Venezuela) - Depois de vencer o Uruguai por 3 a 2, o Brasil superou a Argentina por 2 a 0 e assumiu a liderança do hexagonal final do Campeonato Sul-Americano Sub-20. Mesmo com a forte chuva que insistiu em cair em diversos momentos do jogo, a seleção canarinho conseguiu dois gols no segundo tempo e segurou a pressão albiceleste para chegar à segunda vitória seguida no torneio nesta segunda-feira.

Com o gramado do Monumental de Maturín muito molhado, os dois times tiveram muita dificuldade para armar jogadas ofensivas no começo da partida. E para piorar, o camisa 19 do Brasil, o meia Tales, do Internacional, sentiu uma contusão e saiu de maca com 15 minutos de jogo. Em seu lugar, o antigo titular, o gremista Douglas Costa, foi compor a armação ao lado de Giuliano. O camisa 8 entrou bem, tentou algumas jogadas individuais mas parou nas poças e na defesa argentina.

Aos 23 minutos, a Argentina chegou ao gol, que foi anulado pelo bandeirinha. O atacante Neira marcou de cabeça após um cruzamento da direita, mas o árbitro auxiliar entendeu que o zagueiro Meza, que estava próximo a trave direita e não tocou na bola, participou da jogada.

EFE
bra
Allan Kardec marca o primeiro gol brasileiro, de pênalti


Mais chuva e gols
O reinício do jogo marcou também o reinício da chuva. O Brasil voltou do intervalo com o vascaíno Alan Kardec no lugar do corintiano Dentinho para ter mais poder ofensivo pelo alto, já que o camisa 20 é um exímio cabeceador.

Mas não foi pelo alto que nasceu o primeiro gol do jogo. Aos 19, Benítez escorregou e caiu no chão e colocou a mão na bola e o juiz deu pênalti. Quatro minutos depois, Alan Kardec cobrou no canto direito, o goleiro ainda tocou na bola, mas não o suficiente para impedi-la de balançar as redes.

Com o gol, o jogo ficou mais aberto, com a Argentina buscando o empate e o Brasil procurando ampliar o marcador em um contra-ataque. Aos 37 minutos, o técnico Rogério Lourenço decidiu fechar sua equipe e sacou o atacante colorado Walter para colocar o volante cruzeirense Zé Eduardo.

O trio de marcadores no meio-campo, formado por Sandro, Zé Eduardo e Maylson, deu mais liberdade para Douglas Costa e Giuliano, que atuaram mais próximos ao ataque. E foi com esses dois jogadores que nasceu o segundo gol do Brasil. Aos 41 minutos do segundo tempo, Douglas Costa fez boa jogada na esquerda e cruzou pelo alto para Giuliano pegar de primeira.

Ainda deu tempo para Zé Eduardo sofrer uma falta e Diogo se esbarrar com um argentino, o que gerou um princípio de confusão, apartado minutos depois pelo árbitro, que expulsou o lateral brasileiro Patric e o argentino Zuculini.

Situação no torneio
Com o resultado, o Brasil foi a seis pontos e disparou na liderança da fase final do Sul-Americano. Já os argentinos seguem em terceiro, com um.

Na próxima rodada, marcada para 4 de fevereiro, os comandados de Rogério Lourenço enfrentarão a Venezuela em Puerto La Cruz. No hexagonal, as equipes lutam por quatro vagas no Mundial do Egito.


FICHA TÉCNICA -
BRASIL 2 x 0 ARGENTINA

Local: Estádio Monumental, Maturín (Venezuela)
Data: 2 de fevereiro de 2009 (segunda-feira)
Horário: 18h30 horas
Árbitro: Líber Prudente (Uruguai)
Assistentes: César Escano (Peru) e Wilson Berrío (Colômbia)

Cartões amarelos:
Walter, Douglas Costa (Brasil), Benítez, Sálvio, Gaitán e Velásquez (Argentina)
Cartão vermelho: Patric (Brasil) e Zuculini (Argentina)

Gols:
BRASIL: Alan Kardec, aos 23 minutos do segundo tempo e Giuliano aos 41 minutos.

Brasil: Renan, Patric, Welinton Souza, Rafael Tolói e Diogo; Sandro, Maylson, Tales (Douglas Costa) e Giuliano; Walter (Zé Eduardo) e Dentinho (Alan Kardec). Técnico: Rogério Lourenço

Argentina: Rodriguez, Tobio, Emiliano Insúa, Meza e Oliva (Velásquez); Benítez (Cristaldo), Salvio, Zuculini e Gaitán; Bella e Neira. Técnico: Sergio Batista


Leia mais sobre: Brasil Argentina Sul-Americano Sub-20

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias