iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

24/01 - 20:35

Vasco decepciona e estreia com derrota para Americano; assista

No primeiro jogo oficial pós-rebaixamento à segunda divisão do Brasileiro, o cruzmaltino foi derrotado por 2 a 0, em São Januário 

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - O Vasco começou 2009 da mesma forma que acabou 2008: com derrota. Em partida disputada neste sábado, em São Januário, o time cruzmaltino teve uma atuação muito ruim e perdeu para o Americano por 2 a 0, resultado que coloca a equipe como uma das últimas colocadas do Grupo A do primeiro turno do Campeonato Carioca.

Veja os gols de Vasco 0 x 2 Americano

O Americano mereceu amplamente a vitória por ter jogado com inteligência, explorando os espaços deixados pelo adversário. O atacante Eberson marcou os dois gols do jogo, mas o meia Ernai foi o grande destaque da partida, levando sempre vantagem sobre a marcação vascaína. No Vasco, o meia Carlos Alberto foi o destaque, tentando criar jogadas e lutando até o último minuto para mudar o placar.

Na próxima rodada, o Vasco visitará o Tigres, enquanto o Americano irá encarar o Duque de Caxias em Campos.


O jogo  (Veja como foi no lance a lance do Placar iG)
 
O primeiro tempo começou com o Vasco tentando marcar o Americano em seu campo de defesa, para evitar que os visitantes conseguissem armar jogadas ofensivas. Apesar de cumprir a tarefa com alguma eficiência, o time dirigido por Dorival Júnior tinha muita dificuldade em chegar na área da equipe de Campos. Carlos Alberto se movimentava pelos dois lados do gramado, mas não conseguia fazer a bola chegar aos atacantes Rodrigo Pimpão e Alex Teixeira. O primeiro lance na área do Americano aconteceu aos oito minutos, quando Paulo Sérgio cruzou e Pimpão cabeceou para fora.

A partir dos 15 minutos, o Americano começou a romper o bloqueio vascaíno. O primeiro chute de perigo aconteceu com Kim, que bateu da entrada da área e o goleiro Tiago defendeu com segurança. O time campista passou a trocar passes mais objetivos e a criar dificuldades para a equipe da casa. A torcida do Vasco começou a se irritar com os erros do time e a vaiar alguns jogadores, principalmente o zagueiro Fernando, marcado por ter jogado muitos anos no Flamengo.

O Americano quase marcou em dois lances depois de 30 minutos. No primeiro, o goleiro Tiago defendeu parcialmente um chute violento de Kiesa. No rebote, Ernani dominou fora da área e acertou um chute violento, que se chocou com a trave esquerda.

De tanto insistir, o Americano acabou marcando o primeiro gol aos 34 minutos, quando Kiesa ganhou de Fernando na lateral direita e lançou Eberson, que acertou um chute violento, sem qualquer chance de defesa. Em desvantagem, o Vasco partiu com tudo para o ataque, mas esbarrou na boa marcação do Americano, que conseguiu manter a vantagem sem grandes dificuldades.

O Vasco voltou para o segundo tempo com o atacante Faioli no lugar de Alex Teixeira, em tentativa de Dorival Júnior de dar mais agressividade ao time. E Faioli começou bem, acertando um chute rasteiro, que Jéferson defendeu com alguma dificuldade. A impressão de que o time da casa mudaria o destino da partida acabou logo.

O Americano continuava melhor distribuído em campo e criando seguidas dificuldades para a defesa vascaína. E, aos três minutos, o goleiro Tiago teve que se empenhar para evitar o segundo gol da equipe campista.

Aos 12 minutos, o Vasco deu esperanças à sua torcida quando Ramon cruzou e o goleiro do Americano fez ótima defesa após desvio. Já Tiago voltou a brilhar aos 16 minutos, em cobrança de falta de Ernani.

Léo Lima pediu para sair, e o Vasco continuou desperdiçando as raras chances que conseguia criar. Como aconteceu aos 20 minutos, quando Faioli recebeu ótimo passe de Pimpão e chutou para fora, sem qualquer perigo para o gol do Americano.

Com o passar do tempo, o Vasco perdeu inteiramente a serenidade e passou a atacar de forma desordenada, abrindo espaços para Ernani armar ataques para o Americano. O goleiro Tiago chegou a cobrar uma falta com algum perigo, mas o time campista continuou melhor em campo e liquidou a partida aos 30 minutos em contra-ataque rápido, que culminou com um passe para Kiesa, que driblou o goleiro Tiago antes de colocar a bola nas redes vascaínas.

Foi o sinal para parte da torcida do Vasco deixar São Januário decepcionada, enquanto o público que ficou no estádio se preocupou apenas em vaiar os jogadores até o apito final. Carlos Alberto ainda construiu e perdeu uma oportunidade incrível de fazer o gol de honra do Vasco.

FICHA TÉCNICA: VASCO 0 X 2 AMERICANO

Local: Estádio São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 24 de janeiro de 2009, sábado Horário: 18h15 (de Brasília) Árbitro: João Batista de Arruda Silva Araújo serão os assistentes. Assistentes: Jorge Luis Campos Roxo e Ivan
Cartões amarelos: Titi, Carlos Alberto e Paulo Sérgio (V); Siler, Eberson e Ernani (A)
Gols: AMERICANO: Eberson, aos 34 minutos do primeiro tempo e aos 30 do segundo tempo

VASCO: Tiago; Paulo Sérgio, Fernando, Titi e Ramon; Amaral, Léo Lima (Nilton), Carlos Alberto e Jéferson; Alex Teixeira (Faioli) e Rodrigo Pimpão (Carlos Antonio)
Técnico: Dorival Júnior

AMERICANO: Jéferson; Anderson, Carlão e Élson; Gil, Kim, Siller (Renan), Eberson (Cafezinho) e Ernani; Diego (Paulo Henrique) e Kieza
Técnico: Paulo Marcos


Leia mais sobre: Vasco Americano Campeonato Carioca

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Fotocom

vasco perde do americano em são januário

Má fase
O Vasco começou o ano de 2009 da mesma forma que terminou o de 2008; com derrota

Topo
Contador de notícias