iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

21/01 - 11:34

Cristiano Ronaldo: 'Manchester é minha casa'
Cristiano Ronaldo, que deu seus primeiros passos no Sporting, terceira força do futebol português, revelou que nunca se imaginou brilhando em um clube do tamanho do United

Gazeta Esportiva

MANCHESTER (Inglaterra) - A prova de amor dada pelo meio-campista Kaká ao Milan recusando a oferta astronômica para trocar seu clube pelo Manchester City, da Inglaterra, parece ter servido de modelo para outro grande nome do futebol mundial: Cristiano Ronaldo. Assim como o ex-são-paulino, o português, melhor jogador do mundo em 2008, é alvo constante dos boatos dando conta de sua possível negociação com o Real Madrid, da Espanha, outro clube que também está interessado em Kaká.

Nesta quarta-feira, em entrevista ao tablóide The Sun, o camisa sete do Manchester United deixou claro qual seu sentimento em relação ao assunto e, sem meias palavras, expressou seu amor aos Diabos Vermelhos.

”O Manchester United é a minha casa”, afirmou o craque. “Estou muito feliz aqui, por tudo o que conquistei e ganhei. Fui muito bem tratado por todos aqui e tenho um carinho enorme da torcida, Sinto que este é um grande momento na minha carreira e sempre me lembrarei dele”, discursou.

Deslumbrado com o sucesso conseguido na seleção portuguesa e com a camisa sete do Manchester, Cristiano Ronaldo, que deu seus primeiros passos no Sporting, terceira força do futebol português, revelou que nunca se imaginou brilhando em um clube do tamanho do United.

”Vou ser honesto. Nunca me imaginei jogando em um clube como o Manchester. Sempre sonhei com Benfica, Porto e Sporting, mas nunca chegando a este nível. Sempre sonhei em ser um jogador profissional e mesmo quando eles (diretores do Manchester) vieram me ver (em Portugal), não imaginei que fosse dar em nada”, revelou.

Cristiano Ronaldo não declarou seu amor somente ao clube que prometeu continuar defendendo. Sobraram palavras carinhosas também para Alex Ferguson, comandante dos Red Devils, e Luiz Felipe Scolari, técnico do Chelsea, com quem trabalhou muito tempo na seleção de Portugal.

”O Alex Ferguson me dá total apoio e isso me faz sentir como parte da família do Manchester. O Scolari foi quem me contou que meu pai havia morrido na Rússia e, nesse momento, me encorajou e fez crescer minha confiança. Ele sempre me disse para ser ambicioso e ficar orgulhoso de tudo o que eu conquistasse”, finalizou.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias