iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

18/01 - 17:00

Torcedor recebe tiro em clássico uruguaio
Simpatizante do Nacional foi alvejado por barras bravas do Peñarol

Trivela.com

SÃO PAULO - O futebol uruguaio foi interrompido no final de 2008 para que fossem tomadas medidas de segurança nos estádios, mas a situação não melhorou com a virada do ano. O primeiro jogo de 2009, justamente um clássico Nacional x Peñarol, terminou com um torcedor levando um tiro no peito.

O caso ocorreu após a partida. Torcedores peñarolistas e tricolores começaram a trocar insultos e provocações. No meio da discussão, um simpatizante aurinegro sacou uma arma e deu seis tiros em direção ao grupo rival, acertando uma pessoa.

O torcedor atingido não foi identificado. Só foi informado que tem 33 anos, vive com os pais e está internado em estado grave. A polícia não informou se pegou o responsável por esse disparo, mas teria detido 93 pessoas – uma portando um revólver – por confusões antes, durante e depois do clássico.

No jogo deste sábado, o Nacional venceu o Peñarol por 2 a 1. A partida foi válida pela Copa Bimbo, torneio de pré-temporada realizado em Montevidéu. Com o resultado, os bolsos enfrentarão o Cruzeiro na final. O Peñarol pega o Atlético Mineiro na disputa do terceiro lugar.

No final de 2008, o Apertura uruguaio foi paralisado por duas semanas após uma briga campal entre torcedores de Danubio e Nacional. O torneio foi reiniciado, mas a última rodada foi adiada para fevereiro de 2009 devido a falta de garantias de segurança para o confronto decisivo entre Danubio e Peñarol.

Leia mais sobre: Nacional-URU Peñarol-URU

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias