iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

17/12 - 16:08

Ronaldo no Corinthians: Flamengo achou que era pegadinha

"Tínhamos um plano de deixar ele se recuperar primeiro para depois apresentar uma proposta", diz dirigente

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - O Flamengo ainda digere a contratação de Ronaldo pelo Corinthians. O vice-presidente de futebol Kléber Leite deu a visão do Rubro-negro sobre o fato nesta quarta-feira e se mostrou chateado com a postura alvinegra e do atacante.

“Nós (Flamengo e Ronaldo) estávamos em uma relação baseada na amizade, no amor. Tínhamos um plano de deixar ele se recuperar primeiro para depois apresentar uma proposta. Queríamos deixar ele à vontade, sem pressionar ele”, declarou Leite ao SporTV, se referindo à resposta de Ronaldo, que afirmou não ter recebido nenhuma proposta concreta do clube.

Quando soube da ida do atacante ao time paulista, o dirigente e toda a alta cúpula flamenguista ficaram surpresos.

“Estávamos em uma reunião interna, e quando saímos os jornalistas vieram falando que o Corinthians tinha contratado ele (Ronaldo). O Márcio Braga (presidente do Flamengo) achou que aquilo era uma pegadinha. Eu gosto muito do Andrés Sanchez (presidente do Corinthians), mas o que ele fez comigo eu não faria com ele”, reclamou Leite.

Quando questionado sobre a responsabilidade do Flamengo em não segurar Ronaldo, já que o atacante ficou se tratando de uma cirurgia no joelho na Gávea, o dirigente disse acreditar que o clube não tem culpa no caso e quis encerrar o assunto.

“Qual falha? Não é verdade, não corresponde com a realidade. O Flamengo fez tudo o que tinha que fazer, foi respeitoso. Agora isso já é passado, morreu. Com toda sinceridade: vai com Deus, seja muito feliz”, ironizou Kléber Leite.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo