iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

15/12 - 15:45

Emerson Leão tem bons números no Atlético-MG

Em suas duas últimas passagens, em 1997 e 2007, o técnico deixou uma boa impressão, como dois títulos

Gazeta Esportiva

BELO HORIZONTE - Anunciado no último domingo como novo treinador do Atlético-MG, Emerson Leão se prepara para sua terceira passagem como comandante do Galo. Em suas duas últimas passagens, em 1997 e 2007, o técnico deixou uma boa impressão.

Na primeira, conquistou a Copa Conmebol e a Copa Centenário de Belo Horizonte. Há dois anos, tirou o time do 11º colocação no Campeonato Brasileiro e levou o Alvinegro para o oitavo lugar.

Os números de Emerson Leão como técnico do Atlético-MG são positivos. Segundo o site oficial do time mineiro, foram 69 jogos do treinador, com 34 vitórias, 16 empates e 19 derrotas, um aproveitamento de 57%.

Em 1997, Leão treinou o Galo em 45 jogos (23 vitórias, 11 empates e 11 derrotas) e teve um aproveitamento de 59,2%. Dez anos depois, o técnico comandou o Galo em 24 jogos (11 vitórias, 5 empates e 8 derrotas) com um aproveitamento de 52,7%.

Um dos motivos do novo comandante empolgar a torcida é o fato dele se relacionar bem com jogadores jovens. Em 2002, Emerson Leão conduziu o Santos, de Diego (na época com 17 anos), Robinho (18 anos) e Elano (21 anos), ao título nacional. Em 2005, levou o São Paulo de Diego Tardelli (na época com 20 anos), Denílson (17 anos) e Fábio Santos (20 anos) ao título paulista.

Alguns dos principais jogadores do Atlético-MG hoje também tem pouca idade, casos de Renan Oliveira (19 anos), Leandro Almeida (21 anos), Tchô (21 anos) e Raphael Aguiar (20 anos).


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias