iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

09/12 - 19:43

Ex-treinadores do ‘Fenômeno’ apostam que jogador vai brilhar

“É o casamento de duas grandes celebridades do futebol e a expectativa é a melhor possível", analisa Parreira

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - A contratação de Ronaldo ‘Fenômeno’ para jogar no Corinthians movimentou o mundo nesta terça-feira. Palestrantes do Footecon no Rio de Janeiro, dois ex-treinadores do atacante apostaram que o jogador irá recuperar sua melhor forma vestindo a camisa nove do Timão.

“É o casamento de duas grandes celebridades do futebol e a expectativa é a melhor possível. Tem tudo para dar certo”, sintetizou Carlos Alberto Parreira, crucificado após a Copa do Mundo de 2006 justamente por ter mantido Ronaldo na seleção brasileira longe de sua forma física ideal.

A forma física do ‘Fenômeno’, aliás, foi a única ressalva feita por outro ex-treinador do atacante, Vanderlei Luxemburgo. Com a experiência de ter dirigido Ronaldo na seleção brasileira e no Real Madrid, o técnico do Palmeiras classificou como uma “demonstração de força” do futebol brasileiro o acerto de sua contratação pelo Corinthians.

“Achei fantástica a contratação do Ronaldo pelo Corinthians. Isso mostrou a grandeza e a força do futebol brasileiro em um momento de crise mundial”, salientou, confiante também em um bom desempenho do jogador no Parque São Jorge.

“Ele terá profissionais de alto nível à disposição para trabalhar no Corinthians e o torcedor vai estar em êxtase assim que ele vestir a camisa do time. É uma coisa diferente, né?”, concluiu.

Quase técnico
Ao contrário de Parreira e Luxemburgo, Caio Júnior não chegou a ser comandante do ‘Fenômeno’, mas sentiu de perto o momento do jogador ao vê-lo recuperar suas condições físicas treinando no Flamengo.

Assim como fizeram os companheiros de trabalho, o ex-técnico do Rubro-negro considerou acertada a contratação de Ronaldo para jogar pelo Corinthians na temporada 2009.

“Tive o privilégio de acompanhar o trabalho do Ronaldo no Flamengo e deu para perceber que ele não sente mais dores. Quanto à forma, será preciso um pouco de paciência por parte da torcida, pois a cirurgia foi muito delicada. Ele já não é mais tão novo e carrega consigo uma responsabilidade muito grande, mas vou torcer muito por ele”, garantiu.

Caio Júnior tratou de tranqüilizar o técnico Mano Menezes e o grupo corintiano quanto à possibilidade de um eventual ‘estrelismo’ por parte de Ronaldo comprometer o ambiente no Parque São Jorge.

“Não tem nada com o que se preocupar, pois ele não exige privilégios ou tratamento diferenciado. Ele é simples e humilde com todo mundo, desde os garotos dos juniores até os jogadores mais velhos”, finalizou.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo