iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

08/12 - 20:37

Goleadores do Brasileirão garantem: “o prêmio está em boas mãos”
Kleber Pereira, Washington e Keirrison dividirão o prêmio de artilheiro do Brasileirão de 2008

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - A edição de 2008 do Campeonato Brasileiro terminou com três nomes entre os maiores goleadores, com 21 gols. Curiosamente, nenhum deles atua por um time que ficou entre os quatro melhores, mas, apesar disso, Kleber Pereira, do Santos; Washington, do Fluminense e Keirrison, do Coritiba; garantem: “o prêmio está em boas mãos”.

“Seria importante ser artilheiro isolado, todo jogador sonha em ser o artilheiro do Brasileirão um dia, mas o prêmio está em boas mãos. Isso só prova que o Brasil tem jogadores excelentes”, opinou Kleber Pereira, que passou em branco na última rodada e acabou alcançado pelos outros dois concorrentes.

Assim como o camisa 9 do Peixe, Washington despontou na artilharia em um ano difícil para o Fluminense. Ele teve participação fundamental no resgate da equipe da zona de rebaixamento, levando até a última vaga para a Copa Sul-americana, deixando o próprio Santos de fora.

“Foi um ano de muita pressão. Tivemos nosso melhor momento na Libertadores, depois caímos e ficamos sofrendo na zona de rebaixamento, mas no fim deu tudo certo. Foi um final de ano perfeito e ser artilheiro do campeonato mais difícil do mundo pela segunda vez é fantástico”, comemorou o camisa 9 do Fluminense.

O terceiro camisa 9 a marcar 21 gols no Brasileirão é Keirrison, que não precisou lutar contra o rebaixamento como os outros dois, mas mesmo assim arrancou na artilharia na reta final da competição. “Consegui dar a volta por cima e buscar a artilharia. Estou muito feliz de estar participando dessa premiação, de ter dado tudo certo em um campeonato complicado”, opinou o futuro jogador do Palmeiras.

Assim, os R$ 200 mil que seriam entregues aos maiores goleadores do nacional terão de ser divididos entre os três.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo