iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

07/12 - 18:59

Veja os 10 jogos decisivos na campanha do hexa do São Paulo

Campanha do Tricolor foi marcada pelos altos e baixos da equipe comandada pelo técnico Muricy Ramalho

Daniel Dias, repórter do iG Esporte

SÃO PAULO - Ao contrário da campanhas de 2005 e 2006, quando o Tricolor conquistou o Brasileiro com certa facilidade, já que assumiu a ponta desde o início, neste ano o caminho para o hexa foi mais complicado.

Além de contar com adversários mais qualificados para o título - Flamengo, Cruzeiro, Palmeiras e Grêmio lutaram até as últimas rodada pela taça -, o São Paulo teve que lidar com a instabilidade da equipe.

Evidente que todas as partidas são fundamentais para analisar uma trajetória vitoriosa, mas o iG Esporte destacou os 10 jogos que marcaram a campanha são-paulina. Decepções, broncas, superações e as glórias até o hexacampeonato.


10 DE MAIO - Focado na disputa da Libertadores, onde estava na fase de mata-mata, o São Paulo estreou no Brasileiro contra o Grêmio, no Morumbi, com uma equipe mista. Acabou perdendo a sua única partida em casa durante toda a competição: 1 a 0. (Veja a ficha do jogo e o lance a lance)

25 DE MAIO - Ainda abalado pela eliminação na Libertadores, pelo Fluminense, o São Paulo não passou de um empate por 1 a 1 com o Coritiba, no Morumbi. O resultado colocou o Tricolor na zona de rebaixamento do Brasileiro e o cargo de Muricy Ramalho começou a ser questionado. (Veja a ficha do jogo e o lance a lance)

7 DE JUNHO - Juvenal Juvêncio bancou a permanência do treinador são-paulino. Mesmo sem jogar um futebol convincente, o São Paulo goleou o Atlético-MG por 5 a 1 e saltou da 11ª colocação para o sexto lugar. (Veja a ficha do jogo e o lance a lance)

Redação iG
Redação iG Esporte

O desempenho do São Paulo na tabela de classificação durante o 1º turno (acima) e o 2º turno (abaixo)

Redação iG
Redação iG Esporte

3 DE AGOSTO - Demonstrando muita irregularidade, o São Paulo goleou o Vasco por 4 a 0, com dois gols do estreante André Lima, e entrou pela primeira vez no G4, na 17ª rodada. O time, entretanto, não ficaria nessa zona de classificação por muito tempo. (Veja a ficha do jogo e o lance a lance)

17 DE AGOSTO - Em partida decisiva diante do Grêmio, até então o líder, no Olímpico, o clube do Morumbi perdeu para os gaúchos por 1 a 0 e ficou a 11 pontos do topo da tabela. O discurso dos jogadores era de que não dava mais para ser campeão e restava lutar por uma vaga na Libertadores. (Veja a ficha do jogo e o lance a lance)

3 DE SETEMBRO - Após uma péssima apresentação da sua equipe no empate por 1 a 1 com o Atlético-MG, no Mineirão, o técnico Muricy Ramalho reuniu os jogadores e pediu mais empenho e dedicação, caso contrário nem a vaga no torneio continental seria possível. (Veja a ficha do jogo e o lance a lance)

9 DE OUTUBRO - Há oito jogos sem perder, o São Paulo derrotou o Náutico por 1 a 0, no Morumbi, e voltou ao G4 após diversas rodadas no encalço dos seus rivais. (Veja a ficha do jogo e o lance a lance)

29 DE OUTUBRO - Depois de vencer o Botafogo por 2 a 1, no Rio de Janeiro, e contando com a derrota do Grêmio, o Tricolor paulista assumiu pela primeira vez a liderança da competição, após a 32ª rodada. (Veja a ficha do jogo e o lance a lance)

23 DE NOVEMBRO - Em uma rodada decisiva para todos os concorrentes ao título, o São Paulo suportou a pressão de São Januário e venceu o Vasco por 2 a 1. Com os tropeços de Grêmio e Flamengo, o clube paulista terminou a rodada cinco pontos a frente do segundo colocado. (Veja a ficha do jogo e o lance a lance)

7 DE DEZEMBRO - O São Paulo chega à última rodada dependendo de apenas um ponto contra o Goiás para ser hexa. Mas apesar da polêmica que tirou o juiz Wagner Tardelli da partida, das dificuldades criadas pelos goianos e das alterações climáticas, o Tricolor fechou o ano com chave de ouro: 1 a 0 e mais uma taça para o Morumbi. (Veja a ficha do jogo e o lance a lance)


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

são paulo

Disparou na reta final
São Paulo começou o Brasileiro sonolento, mas rivais vacilaram e o Tricolor papou outro título

Topo
Contador de notícias