iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

07/12 - 15:06

Tardelli se defende: “nem sou fã da Madonna”
"Apesar dessas brincadeiras, é uma situação que continua sendo grave", ressaltou o árbitro

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Depois de ser afastado da arbitragem da partida entre Goiás e São Paulo por conta de uma tentativa de suborno, Wagner Tardelli ainda viu seu nome aparecer no escândalo por conta do envio de ingressos do show da cantora Madonna, que acontecerá no Morumbi. Essa seria uma das formas de persuadir o árbitro, que se defendeu das acusações.

“Eu nem sou fã da Madonna. Apesar dessas brincadeiras, é uma situação que continua sendo grave e hoje a coisa já veio assim, com convite para Madonna”, reclamou Tardelli, em declaração à Jovem Pan.

Entre outros nomes de dirigentes e pessoas ligadas ao futebol, o nome do árbitro teria aparecido em uma lista de pessoas que receberia o ingresso para o show. A secretária do São Paulo ligou na Federação Paulista para confirmar os nomes e, ao citar Wagner Tardelli, gerou a desconfiança.

Depois de descartar seu envolvimento por conta de uma entrada grátis para o concerto, Tardelli voltou a cobrar uma resolução do caso: “A minha preocupação é que não caia em uma brincadeira, porque o prejudicado maior aqui sou eu. Quero que seja apurado até o final. Preciso responsabilizar as pessoas responsáveis por isso. Não vou abrir mão disso”, complementou.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias