iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

07/12 - 21:16

Muricy e Ceni cobram investigação de denúncias

"O cara que fez isso terá que ser punido, ninguém é bobo no futebol. E não venha essa pessoa dizer amanhã que queria proteger o São Paulo", disse o treinador

Gazeta Esportiva

BRASÍLIA - A suspeita de manipulação de resultados revelada pela CBF na véspera da partida decisiva entre São Paulo e Goiás irritou jogadores e a comissão técnica do tricampeão brasileiro. O técnico Muricy Ramalho cobrou a investigação sobre o caso e afirmou que a pessoa responsável pela turbulência precisa ser punida.

O treinador ficou sabendo da troca de árbitros justamente no momento em que o time fazia o reconhecimento do gramado do Bezerrão, na noite de sábado. Assim que foi informado do caso, o comandante tratou de tranqüilizar o elenco.

“Tomei um susto quando falaram. Reuni os jogadores no campo e disse que não importava quem iria apitar o jogo porque temos que jogar. Alguém quer tirar o nosso brilho. O Tardelli não recebeu papel, cartão, nada. O cara que fez isso terá que ser punido, ninguém é bobo no futebol. E não venha essa pessoa dizer amanhã que queria proteger o São Paulo porque nosso clube não precisa disso”, afirmou.

O treinador exige que o caso seja investigado e não quer que o episódio seja esquecido. “Não pode acabar em pizza coisa nenhuma, tem que descobrir quem é esse cara. Tenho certeza de que a CBF não vai deixar manchar o campeonato”.

O Ministério Público do Estado de São Paulo confirmou em nota oficial que a suspeita foi levantada pelo presidente da Federação Paulista de Futebol, Marco Polo del Nero. Apesar de o MP não confirmar quem seria o suspeito, a diretoria do São Paulo se irritou com o caso.

Assim como dirigentes e o técnico Muricy Ramalho, o capitão Rogério Ceni também lamentou as suspeitas que fizeram o árbitro Wagner Tardelli ser afastado do jogo decisivo deste domingo entre São Paulo e Goiás.

“Estou há 18 anos aqui e sei que o São Paulo nunca faria nada, assim como o Grêmio também não. Não faríamos nada para induzir, isso não existe. Mas são coisas que vão além do futebol, porque tem muita gente colocando muito dinheiro no futebol e às vezes gosta de atrapalhar a vida dos outros. Não acredito que tenha partido do Grêmio ou do São Paulo este tipo de coisa. É de gente que gosta de aparecer e espero que seja apurado. Espero que a mesma pessoa que ligou contando as coisas também saiba agora explicar”, cobrou.

“Eu fico triste e imagino o próprio Tardelli, que tem uma carreira limpa. Já votei nele como o melhor árbitro do campeonato duas vezes em anos anteriores e ele não deixa dúvidas em relação ao seu caráter”, acrescentou o capitão.


Leia mais sobre: Muricy Ramalho Rogério Ceni



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo