iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

07/12 - 21:06

Mesmo salvo, Roberto Fernandes se irrita com quarto árbitro

Fernandes se revoltou com os cinco minutos a mais dados pelo árbitro Sérgio da Silva Carvalho e protestou junto ao quarto juiz

Gazeta Esportiva

SANTOS - O empate sem gols com o Santos fez o Náutico permanecer na Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro. Mesmo com o Timbu salvo da degola, o técnico Roberto Fernandes não poupou o quarto árbitro Elcio Paschoal Borborema e o criticou veementemente.

O motivo da ira foi a expulsão de Fernandes nos acréscimos do segundo tempo. Fernandes se revoltou com os cinco minutos a mais dados pelo árbitro Sérgio da Silva Carvalho e protestou junto ao quarto juiz. Como o comandante pernambucano se exaltou, o expulsaram.

“Eu queria saber o nome deste quarto árbitro. Eu queria saber se ele é homem. Ele estava tratando a gente no banco, como não se trata um cachorro. Ele precisa comer muito ainda para me intimidar”, reclamou Roberto Fernandes após a partida.

O Náutico terminou o Campeonato Brasileiro na 16ª colocação com 44 pontos conquistados. O rebaixado Figueirense, que ficou uma posição atrás, também fez 44 tentos, mas pedeu no saldo de gols.


Leia mais sobre: Náutico Roberto Fernandes



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo