iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

07/12 - 18:56

Cruzeiro goleia a Portuguesa e está na Libertadores

Com virada em casa, Raposa ainda garantiu vaga direta na fase de grupos da competição sul-americana

Gazeta Esportiva

BELO HORIZONTE - O Cruzeiro venceu a Portuguesa por 4 a 1 e se garantiu na Copa Libertadores de 2009. Com o tropeço do Palmeiras contra o Botafogo, a equipe mineira fica com a terceira posição, entrando diretamente na fase de grupos da principal competição do continente. Já rebaixada, a Lusa termina o campeonato no 19º lugar.

Assista aos gols da vitória do Cruzeiro

Apesar da necessidade da vitória, o Cruzeiro jogou em ritmo lento. O único atleta que se destacava era Ramires, que aparecia constantemente no ataque, complicando a defesa rubro-verde. Logo aos seis minutos, ele recebeu um lançamento de Wagner, mas finalizou mal de pé esquerdo.

A Lusa respondia em contra-ataques, aproveitando a qualidade técnica de seus homens de frente. Jonas, invadindo a área e batendo cruzado, assustou o goleiro Fábio, que viu a bola sair raspando a trave.

Mais presente no ataque, o time da casa tentava o gol por meio de bolas paradas. Thiago Heleno teve boa oportunidade após um escanteio, mas a cabeçada foi em cima da defesa. Léo Fortunato, com um chute cruzado, também levou perigo, mas Ramires não alcançou a bola para desviá-la. De fora da área, Henrique e Fabrício também chegaram perto de marcar.

Contudo, foi a Portuguesa quem abriu o marcador. Aos 35 minutos, Athirson recebeu lançamento dentro da área e, sem dominar, bateu cruzado, com precisão, sem chances para Fábio. O gol deixou a torcida celeste tensa e, ao fim do primeiro tempo, os jogadores desceram para o vestiário sob o som de vaias.

O Cruzeiro voltou para a etapa final com a mesma formação, mas o técnico Adilson Batista rapidamente percebeu que seria preciso mexer. Guilherme, que fazia um de seus piores jogos na temporada, foi substituído por Wanderley. Foi o suficiente para resolver a partida.

Aos 12 minutos, a bola foi sendo tocada de pé em pé até que Fabrício encontrou Thiago Ribeiro entrando na área. Com um cruzamento preciso, ele pôs a bola na cabeça do atacante, que a colocou no canto esquerdo de André Luís. A virada veio no minuto seguinte, quando Wanderley conduziu a bola e bateu rasteiro, com firmeza, da entrada da área.

À frente no marcador, o time celeste diminuiu um pouco o ritmo, deixando o tempo correr. A Portuguesa chegou a ter uma chance clara de gol, mas Ralph errou o gol vazio após cruzamento da direita.

O Cruzeiro garantiu a vitória com dois gols de pênalti no fim da partida. No primeiro, Raí puxou a camisa de Wagner e Fernandinho bateu forte para marcar. No segundo, Raí empurrou Ramires e, mais uma vez, Fernandinho cobrou com força, apesar dos pedidos da torcida para que o goleiro Fábio batesse.

FICHA TÉCNICA (Veja como foi o jogo lance a lance)
CRUZEIRO X PORTUGUESA

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 7 de dezembro de 2008, domingo
Árbitro: Evandro Rogério Roman (Fifa-PR)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Flávio Gilberto Kanitz (GO)
Público pagante: 39.369

Gols: Athirson, aos 35 minutos do primeiro tempo; Thiago Ribeiro, aos 12, Wanderley, aos 13, e Fernandinho, aos 37 e aos 40 minutos do segundo tempo
Cartões amarelos: Patrício, Athirson, Raí (Portuguesa)

CRUZEIRO: Fábio; Marquinhos Paraná, Thiago Heleno, Léo Fortunato e Fernandinho; Henrique (Zé Eduardo), Fabrício, Ramires e Wagner; Guilherme (Wanderley) e Thiago Ribeiro (Elicarlos)
Técnico: Adilson Batista

PORTUGUESA: André Luís; Bruno Rodrigo, Ediglê e Erick; Patrício, Rai, Heverton (Fellype Gabriel), Wilton Goiano (Ralph) e Athirson (Miltinho); Edno e Jonas
Técnico: Estevam Soares


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Agência Estado

cruzeiro portuguesa

Demorou para acordar
Cruzeiro começou atrás no placar contra a já rebaixada Portuguesa, mas reagiu

Topo
Contador de notícias