iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

07/12 - 20:51

Abatido, Renato Gaúcho lamenta: “uma hora ia acontecer”
“Não tenho que ficar falando que o Vasco caiu naquele ou nesse jogo. Você não tapa o sol com a peneira, uma hora ia acontecer", disse

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - O semblante do técnico Renato Gaúcho após a derrota por 2 a 0 para o Vitória que rebaixou o Vasco para a Série B do Campeonato Brasileiro era muito diferente do apresentado na véspera do jogo. Abatido, ele foi lacônico em suas declarações, evitou apontar culpados e lamentou o rebaixamento.

“Não tenho que ficar falando que o Vasco caiu naquele ou nesse jogo. Você não tapa o sol com a peneira, uma hora ia acontecer. Agora o Vasco tem que seguir o exemplo dos outros times grandes que caíram”, opinou o treinador, que exaltou o espírito da equipe, mostrando que lutaram até o final.

“Tenho minha parcela de culpa, mas vocês foram testemunhas de que procurei de todas as formas evitar o rebaixamento do Vasco. Não adianta ficar brigando, temos que reconhecer os erros e não ter vergonha de arregaçar as mangas e ajudar o Vasco a voltar”, continuou.

Mesmo com o rebaixamento decretado, o ex-jogador não afirmou se seguirá como técnico da equipe para a próxima temporada. “Eu gosto muito de trabalhar e, para continuar no Vasco, vai ter que ser do jeito que eu quero. Não falei com o Roberto (Dinamite, presidente), mas tem muita coisa para ser corrigida, porque se você na corta o mal pela raiz, isso vira uma bola de neve”.


Leia mais sobre: Renato Gaúcho Vasco



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo