iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

06/12 - 20:14

Por redenção, Santos encara Náutico por vaga na Sul-americana

Santistas torcem por vitória, em casa, contra o Náutico, para que venha a classificação ao torneio continental

Gazeta Esportiva

SANTOS - Após brigar durante a maior parte do Campeonato Brasileiro para fugir do rebaixamento para a Segunda Divisão, o Santos tem a chance de ˝salvar o ano˝, garantindo uma vaga para a Copa Sul-americana do ano que vem. Para que isso aconteça, basta os santistas derrotarem o Náutico, neste domingo, às 17 horas (horário de Brasília), na Vila Belmiro, para assegurar a classificação ao torneio continental.

Essa possibilidade só se abriu porque o Internacional se sagrou campeão da Sul-americana em cima do Estudiantes, da Argentina, fato que abriu mais uma vaga para clubes brasileiros. Segundo estabelece o regulamento da CBF, os oito melhores classificados ao final do Brasileirão, excluindo as equipes já classificadas para a Copa Libertadores e o Internacional, terão direito a um lugar na Sul-americana 2009. Com isso, o Alvinegro Praiano, 14° colocado com 44 pontos, ficaria com a vaga.

Para o zagueiro Adaílton, o título do Colorado ajuda, mas não facilita a tarefa santista. ˝A vitória do Inter na Sul-americana deixou as coisas menos complicadas. Dependemos somente de nós mesmos. Agora, se para nós é uma decisão, pensando na vaga da Sul-americana, para eles é a sobrevivência˝, comentou, referindo-se à situação dos pernambucanos na competição, 15° colocados, com 43 pontos e ainda ameaçados de rebaixamento.

O meia Molina seguiu o mesmo tom do discurso do defensor. Para o colombiano, o Peixe deve se preocupar em cumprir o seu papel, independentemente de uma possível ˝mala branca' de Vasco, Figueirense e Atlético-PR, que brigam com o Náutico para escapar da queda para a Série B.

˝Não vejo nada de mal nisso. Porém, não podemos pensar nos outros, senão perdemos a concentração. Nosso objetivo é garantir uma vaga na Sul-americana e para isso dependemos apenas do nosso resultado˝, lembrou.

Para o último compromisso do Alvinegro Praiano no Brasileirão, o técnico Márcio Fernandes não poderá contar com o zagueiro Fabiano Eller. Contundido, o atleta foi vetado pelo departamento médico. Adaílton, que ficou fora contra o Atlético-MG por ter recebido o terceiro cartão amarelo, será o titular. Já Bida, que também se recuperava de uma lesão, foi liberado para retornar a atuar e está escalado. Wendel, com uma pancada na perna direita, é dúvida. Se não jogar, Pará será o seu substituto.

A grande novidade da equipe para o jogo contra o Náutico fica por conta do ataque. Após ter sua pena reduzida pelo STJD, Kléber Pereira, que ficou fora diante do Atlético-MG, está de volta. Artilheiro do campeonato, com 21 gols, o centroavante tem a chance de garantir o título de goleador da competição. ˝Foi um ano importante para mim, porque com os gols que eu fiz, ajudei o time. Tomara que continue assim e eu possa colaborar para levar o Santos à Sul-americana˝, afirmou.

Enquanto o clima na Vila Belmiro é de confiança na classificação para a Sul-americana, no Náutico a situação é diferente. Também com possibilidades de estar na próxima edição do torneio internacional, para isso basta derrotar o Peixe, os pernambucanos estão focados no primeiro objetivo: tirar o clube da ameaça de rebaixamento. Pelo menos é o que garante o técnico Roberto Fernandes.

˝Estamos fazendo de tudo para dar mais tranqüilidade aos jogadores. Queremos os atletas prontos para encarar o Santos e podermos voltar a Recife com a presença na Série A do ano que vem garantida˝, contou Fernandes.

Porém, treinando desde quarta-feira em Jarinu, interior de São Paulo, os alvirrubros tem problemas. Com um edema na coxa direita, o volante Hamilton pediu para não viajar com o restante do elenco e estará em campo para este confronto. A decisão do meio-campista irritou os dirigentes do Náutico, que resolveram dispensar o atleta.

˝A lesão dele vinha regredindo bastante com o tratamento. A comissão técnica disse que não quer mais contar com ele. Não queremos que ninguém jogue sem estar 100%, mas esperávamos contar com a presença dele no grupo˝, revelou o diretor de futebol do Timbu, Gustavo Rego.

Sem Hamilton na equipe, Reinaldo e Ticão brigam pela vaga no meio. No ataque, outro desfalque. Expulso por retardar a partida, na vitória dos pernambucanos sobre o Atlético-PR, no último domingo, por 2 a 1, Gilmar abre espaço para Kuki e Clodoaldo. Os dois disputam a posição para saber quem formará a dupla ofensiva do time ao lado de Felipe.

FICHA TÉCNICA
SANTOS X NÁUTICO

Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 7 de dezembro de 2008, domingo
Horário: 17 horas (horário de Brasília)
Árbitro: Sérgio da Silva Carvalho (DF)
Assistentes: Marrubson Melo Freitas (DF) e César Augusto de Oliveira Vaz (DF)

SANTOS: Fábio Costa; Wendel (Pará), Domingos, Adaílton e Kléber; Roberto Brum, Rodrigo Souto, Bida e Molina; Róbson e Kléber Pereira
Técnico: Márcio Fernandes

NÁUTICO: Eduardo; Vagner, Titi e Everaldo; Ruy, Derley, Ticão (Reinaldo), William e Anderson Santana; Felipe e Kuki (Clodoaldo)
Técnico: Roberto Fernandes


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo