iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

06/12 - 20:04

Palmeiras pega Botafogo para exorcizar fantasma e evitar desastre

Time alviverde paulista precisa apenas de uma vitória em casa para garantir nvaga na Copa Libertadores de 2009

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O clima será de decisão no Palestra Itália. O Palmeiras entra em campo neste domingo, às 17 horas, sob intensa pressão para vencer o Botafogo e assegurar a presença na Copa Libertadores da América.

A presença na competição sul-americana é considerada fundamental para o Verdão seguir o projeto de se recolocar entre as grandes potências do continente.

Porém, o Palmeiras terá de superar um trauma. No ano passado, o Verdão vivia a mesma situação: precisava apenas vencer o Atlético-MG, em casa, para garantir presença no G-4. Mas fracassou. Agora, o time paulista considera questão de honra provar o “amadurecimento” um ano depois.

“Devemos respeitar a equipe adversária. O Botafogo vem sem objetivo. Com certeza, vai ser um jogo difícil. O Palmeiras tem que encarar com seriedade. Não vai ser moleza”, destaca o lateral-esquerdo Leandro, um dos remanescentes do grupo do ano passado, comando por Caio Júnior. “Hoje, a atitude do grupo é totalmente diferente”, emenda.

Figura mais importante do atual elenco alviverde, o goleiro Marcos também compactua de intensa preocupação para o jogo de domingo. “Temos a vantagem de depender apenas das nossas forças, mas não quer dizer que será fácil. O Botafogo vem sem responsabilidade. Se perder, não tem problema, se ganhar, não tem problema”, recorda o capitão do time de Palestra Itália.

Durante a semana, o técnico Wanderley Luxemburgo exigiu concentração máxima de seus atletas. Ele espera que, até domingo, os jogadores mantenham a cabeça apenas na conquista da vaga na Libertadores. “Esse é o jogo do ano”, define.

Luxemburgo foi obrigado a trabalhar forte para superar desfalques. O curinga Martinez e o atacante Alex Mineiro estão suspensos, enquanto o zagueiro Roque Júnior segue contundido. A boa notícia fica com as voltas do lateral-esquerdo Leandro e o volante Pierre.

Apesar de todas as mudanças, Luxemburgo mantém a base que obteve o empate diante do Vitória, na semana passada. Diego Souza segue “improvisado” como atacante ao lado de Kléber. Na zaga, Jéci pode retornar aos jogos oficiais após quase três meses.

Pelo lado do Botafogo, que venceu o Palmeiras no primeiro turno por 1 a 0 no Rio de Janeiro, gol de Zé Carlos, o técnico Ney Franco tem procurado trabalhar o lado psicológico dos jogadores para motivá-los. O treinador lembrou que o Glorioso não vence desde o dia 25 de outubro, quando fez 3 a 0 no lanterna Ipatinga fora de casa.

”Temos que encerrar o ano com um triunfo e acabar com essa má fase. Caso contrário, 2009 começa com aquelas contas todas de que o Botafogo não ganha há não sei quantos jogos“, lembrou Ney Franco.

Um fator que chamou a atenção no Botafogo é que um triunfo carioca pode beneficiar o rival Flamengo, que luta por uma vaga na Copa Libertadores. Torcedores e alguns dirigentes chegaram a dizer que torcerão pelo Verdão apenas para prejudicar os flamenguistas. O fato foi minimizado por Ney Franco.

”O Botafogo não entra em campo pensando em ajudar o Flamengo ou prejudicar quem quer que seja. O nosso compromisso é com o clube, com a camisa que defendemos e com o fato de sermos profissionais sérios. Vamos em busca de um triunfo não por causa do Flamengo, mas porque queremos terminar a temporada de forma digna”, disse Ney Franco.

A escalação só deverá ser divulgada minutos antes do jogo, pois Ney Franco estuda dar chances a alguns jovens do plantel. Porém, a tendência é ele começar o confronto com a presença de três zagueiros.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS-SP x BOTAFOGO-RJ

Local: Palestra Itália, em São Paulo (SP)
Data: 7 de dezembro de 2008 (Domingo)
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-PR)
Assistentes: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Gilson Coutinho (PR)

PALMEIRAS: Marcos, Gustavo, Jéci e Maurício; Fabinho Capixaba, Pierre, Sandro Silva, Evandro e Leandro; Diego Souza e Kléber
Técnico: Wanderley Luxemburgo

BOTAFOGO: Renan, Emerson, Édson e André Luis; Alessandro, Leandro Guerreiro, Túlio Souza, Lucio Flavio, Lucas Silva e Triguinho; Welligton Paulista
Técnico: Ney Franco.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo