iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

06/12 - 12:54

Geórgia vive o futebol
Alheio à guerra, país curte o campeonato nacional, liderado por time de empresa veterinária

Trivela.com

TBILISI (Geórgia) - A Geórgia é um país que ganhou os noticiários nos últimos meses devido aos conflitos na região da Ossétia do Sul, mas, no mundo do futebol, é mais conhecida por ter revelado ao mundo jogadores como os irmãos Arveladze (Shota, ex-Ajax e Rangers, e Archil, ex-NAC Breda e Colônia), o lateral Kakha Kaladze (Milan), Georgi Kinkladze (ex-Manchester City e Derby County) e Giorgi Demetradze (ex-Real Sociedad, atualmente no FK Baku, do Azerbaijão). A liga local, se não é das mais badaladas, ainda assim tem equipes de tradição como o Dinamo Tblisi.

A edição 2008/09 da Liga de Futebol Profissional da Geórgia deveria ter 12 equipes, mas o Ameri Tblisi desistiu da competição devido a problemas financeiros. Portanto, são 11 clubes jogando em três turnos, totalizando trinta rodadas. O campeão se classifica para a primeira fase da Liga dos Campeões, enquanto o segundo e o terceiro colocados passam para a primeira fase eliminatória da Liga Europa (nome da Copa Uefa partir da próxima temporada). O último colocado cai para a segunda divisão, enquanto os dois clubes que terminarem logo acima disputam playoffs de acesso e descenso contra dois times da segunda divisão.

Depois de doze rodadas disputadas, o atual líder é o WIT-Georgia, com 27 pontos, seguido pelo Dinamo Tblisi, com 25, e pelo Zestaponi, com 23. O WIT, controlado por uma importadora de produtos e serviços veterinários, tem um elenco todo composto por georgianos. Já o Dinamo, maior vencedor da história do futebol local, tem um montenegrino, dois gaboneses e um camaronês em seu elenco. E o Zestaponi tem três brasileiros (Edson Santos, Esquerdinha e Jonatas Torres), além de dois gaboneses e um camaronês.

Na próxima rodada da liga, três jogos acontecem neste sábado, 6/12: o Dinamo recebe o rival Lokomotivi Tblisi; o Mglebi enfrenta o Gagra, enquanto o Sioni recebe o Borjomi. No domingo, 7, o Meskheti Tblisi recebe o Zestaponi, enquanto o líder WIT enfrenta o Spartaki Tsjkinvali.

Montenegro: crescendo aos poucos

A ex-república da Iugoslávia vem conseguindo alguns resultados expressivos desde que obteve a independência, em 2007. Vitórias em amistosos contra Noruega e Hungria, além de empates com Bulgária e Irlanda pelas eliminatórias para a Copa de 2010, fora a última e apertada derrota para a Itália, por 2-1. Enquanto isso, o futebol local dá seus primeiros passos por conta própria. Poucos meses depois da oficialização da independência do país, em 2006, o futebol de Montenegro já organizava sua primeira edição do campeonato nacional. O campeão foi o FK Zeta. Na temporada seguinte, deu FK Buducnost. E atualmente está em andamento a terceira edição.

O campeonato montenegrino tem 12 clubes, que jogam entre si em três turnos (33 rodadas ao todo), sendo que a tabela do terceiro é definida de acordo com as posições dos clubes nos turnos anteriores. Na atual temporada, após 16 rodadas, a liderança é do Mogren, com 36 pontos, cinco a mais que o Grbalj, vice-líder. O atual campeão Buducnost tem 29 pontos e ocupa a terceira posição. A artilharia do torneio está com Pedrag Randelovic, do Rudar (quarto colocado, com 28 pontos), com 14 gols, seguido por Fatos Beciraj, do Buducnost, com dez.

Na próxima rodada, a décima-sétima, todos os jogos acontecem no sábado, 6 de dezembro: Petrovac x Buducnost, Mogren x Sutjeska, Zeta x Rudar, Jezero x Grbalj, Lovcen x Kom e Decic x Jedinstvo.

Azerbaijão: Inter Baku pinta como força

O Azerbaijão é país rico em recursos minerais e megalomania - seu presidente, Ilham Alyev, quer transformar a capital do país, Baku, numa espécie de Dubai da região. E a liga nacional do país está aos poucos crescendo e atraindo jogadores estrangeiros, seduzidos por petrodólares e petroeuros.

O clube de maior destaque no país, atualmente, é o Inter Baku. Atual campeão, o Inter chegou nesta temporada na segunda fase eliminatória da Liga dos Campeões, depois de eliminar na primeira fase os macedônios do Rabotnicki, mas na etapa seguinte, foi derrotado pelos sérvios do Partizan.

O Inter lidera a atual edição do campeonato azerbaijano com 31 pontos, após treze rodadas. Logo atrás, com dois pontos a menos, vem o FK Baku, e em terceiro, com 28, o Simurq Zaqatala. O campeonato é disputado por 14 clubes em turno e returno, e só volta em fevereiro, após a interrupção de inverno.

Levadia conquista o tri na Estônia

Na Estônia, o Levadia Tallin conquistou o tricampeonato, com 93 pontos em 36 jogos. O Flora ficou com o vice-campeonato, com 91 pontos, e o Trans Narva na terceira posição, com 56. O Levadia estará na Liga dos Campeões da temporada 2009-2010, enquanto Flora e Trans Narva passam para a Liga Europa. O TVMK e o Vaprus, este após um playoff de acesso e descenso, foram rebaixados para a segunda divisão. Foram promovidos o Kuressaare, vice-campeão, e o Flora Paide, quarto colocado, porque o campeão, Levadia II, e o terceiro colocado, Flora II, eram inelegíveis.

Disputa acirrada na Albânia

Depois de treze rodadas disputadas do campeonato albanês, o Vllaznia Shkoder lidera com 25 pontos, dois a mais que o KF Tirana, segundo colocado. O Shkumbini Peqin vem em terceiro, com 20. Na rodada deste final de semana, o Vllaznia encara fora de casa o Apolonia, enquanto o Tirana visita o Partizani.

Sant Julià lidera em Andorra

Até a minúscula Andorra tem seu campeonato nacional, disputado por oito clubes. Na atual edição, após oito rodadas a liderança é do Sant Julià, com 21 pontos, um a mais que o FC Santa Coloma, vice-líder. Em terceiro vem o UE Santa Coloma, com 16 pontos.

San Marino: um raro campeonato europeu que não é por pontos corridos

Em San Marino temos um caso raro de campeonato que é disputado com uma fórmula diferente dos habituais pontos corridos. Na liga local, os quinze clubes são divididos em dois grupos, um com oito e outro com sete times, e estes jogam em turno e returno. Os três melhores de cada um se classificam para os playoffs. Na atual temporada, após nove rodadas, o grupo A é liderado pelo Virtus, com 20 pontos, um a mais que o La Fiorita. No grupo B, o Tre Fiori lidera com 23 pontos em nove jogos, cinco a mais que o vice-líder Faetano, que tem um jogo a mais. Na rodada do final de semana, teremos as seguintes partidas: Domagnano x San Giovanni; Tre Penne x Murata; Foglore/Falciano x Pennarossa; Tre Fiori x La Fiorita; Callungo x Juvenes/Dogana; Virtus x Cosmos; Libertas x Faetano.

Malta: Sliema lidera e brasileiro domina artilharia

Na ilha de Malta o campeonato local segue bem equilibrado, com apenas três pontos separando o líder Sliema Wanderers, que tem 18 pontos, do quinto colocado, o Floriana, que tem 15. Neste final de semana, o Hamrum enfrenta o Floriana, enquanto o Valletta encara o líder Sliema Wanderers. Outros jogos serão entre o Qormi enfrentando o Marsaxlokk e o Birkirkara encarando o Tarxien. Dentre os artilheiros, o brasileiro Daniel Bueno, do Tarxien, lidera com folga, com 12 gols.

Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo