iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

06/12 - 00:32

Baier admite ajuda gremista em 2007, mas Hélio nega dívida
A reta final deste Brasileirão de 2008 colocou novamente em sintonia os interesses de Grêmio e Goiás.

Gazeta Esportiva

No ano passado, o time gaúcho conseguiu segurar um empate na última rodada do campeonato contra o Corinthians e acabou salvando os goianos do rebaixamento à Série B.

Agora, o Goiás terá a oportunidade de retribuir o ‘favor’, já que o time de Celso Roth necessita de uma vitória do Esmeraldino sobre o São Paulo. Diante das coincidências, o meia Paulo Baier admite a ajuda que sua equipe recebeu do Grêmio no ano passado, mas afirma que não está pensando em troca de favores.

“Lógico que o Grêmio nos ajudou no ano passado, tenho essa consciência. Se der certo para o Grêmio ser campeão, melhor para eles. Mas viemos aqui para fazer nossa parte, que é buscar uma vitória e ajudar o Goiás. Independente de quem for campeão, para o Goiás é importante conseguir a vitória para chegar à sexta colocação”, comentou o atleta, na chegada da delegação goiana ao hotel da concentração em Brasília.

Para ser campeão, o Grêmio precisa vencer o Atlético-MG e ainda torcer por um triunfo do Goiás sobre o São Paulo. Apesar da necessidade direta, Baier garante que não houve qualquer contato de seu elenco com os gaúchos nos últimos dias. “Não teve nenhum contato. Estamos bem focados para fazer um grande jogo”, assegurou.

Já o técnico Hélio dos Anjos foi ainda mais incisivo ao falar sobre o interesse do Grêmio pelo resultado do Goiás. O treinador, que não estava no comando dos goianos na temporada passada, rechaçou qualquer dívida com o atual vice-líder deste Brasileirão.

“O Goiás não deve nada ao Grêmio. Inclusive, eu nem estava no clube naquela época. No ano passado, acho que o Goiás ficou devendo à sua torcida uma melhor campanha no campeonato, mas este ano está tudo diferente. Estamos chegando a uma condição boa dentro da competição e temos este jogo decisivo. Há interesses de outras equipes, mas o interesse do Goiás é vencer para buscar a sexta posição, que é muito importante para nós”, salientou.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias