iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

05/12 - 19:02

Permanência de Tite no Inter segue indefinida

Situação do treinador ficará melhor definida a partir do dia 13, quando ocorre a eleição presidencial do clube

Gazeta Esportiva

PORTO ALEGRE - Enquanto alguns jogadores começam a desfrutar de suas férias, Tite ainda trabalha, mas não sabe se o embate de domingo diante do Figueirense, em Florianópolis, será o seu último jogo no comando do Inter.

A situação do treinador ficará melhor definida a partir do dia 13, quando ocorre a eleição presidencial do clube. Caso o atual presidente Vitório Piffero seja reeleito, provavelmente o treinador será mantido. “Não é o momento de falar disso ainda. Temos o jogo contra o Figueirense. Há uma trajetória eleitoral para ser definida. Primeiro é precisa haver uma decisão nessa alçada”, declarou o treinador.

Se a chapa de situação se mantiver no comando do clube, a dúvida de momento é sobre como será a formação do departamento de futebol. Giovanni Luigi deve permanecer como vice-de-futebol, porém, o assessor e ex-presidente Fernando Carvalho pode deixar de fazer parte da diretoria para cuidar de assuntos particulares.

Caso o candidato da oposição, Cláudio Bier, receba a maioria dos votos dos sócios colorados, o futuro de Tite será em outro lugar. Para Bier, o atual técnico do Inter não possui qualidade suficiente para comandar o time. Sua declaração sobre o assunto não foi nada política.

“Não mudei minha opinião depois da Sul-americana. O Inter é um dos maiores clubes do mundo. A comissão técnica precisa estar à altura do nome do clube. Teríamos que estar disputando a Libertadores em 2009 no ano do nosso centenário. Vou trazer um técnico de primeira linha”, afirmou em entrevista a Rádio Gaúcha. Tite, porém, preferiu não comentar sobre a declaração.

Bier, atual conselheiro do clube, disse que já manteve alguns contatos, mas ainda não possui nada de concreto. Segundo Bier, o objetivo são nomes do gabarito de Vanderlei Luxemburgo, Muricy Ramalho e Carlos Alberto Parreira.

Se Bier demonstra não estar satisfeito com o trabalho de Tite, a situação é diferente entre os jogadores. Todos os atletas que falaram sobre o assunto, afirmaram que querem a permanência do atual comandante.

“Sem dúvida ele chegou com um pouco de desconfiança aqui. Ele provou que tem qualidade. Gostaríamos que ele permanecesse”, opinou Nilmar, herói na conquista da Sul-Americana.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo