iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

05/12 - 11:05

"Me sinto pronto para conquistar o mundo de novo", diz Ronaldinho
Em entrevista à revista Four Four Two, brasileiro rebate críticas sobre a saída do Barcelona e fala dos seus planos com o Milan, "o melhor clube do mundo"

Redação iG Esporte

 

SÃO PAULO - Agora no Milan, clube que considera ter "um charme e um clima especial", Ronaldinho Gaúcho garante: está pronto para voltar a integrar a lista de melhores jogadores do planeta. A declaração foi dada pelo brasileiro em uma longa entrevista concedida à revista inglesa Four Four Two.

A entrevista, entretanto, será publicada antes na edição brasileira da revista, que chega às bancas no próximo dia 9 (veja capa ao lado) — na Inglaterra, será publicada apenas em janeiro. O iG conseguiu com exclusividade alguns trechos da reportagem em que Ronaldinho fala de suas ambições jogando pelo Milan.

"Quero voltar ao meu melhor futebol. Quando vejo os candidatos para a Bola de Ouro, ou para o Melhor Jogador do Ano pela FIFA, e meu nome não está lá, eu tenho um objetivo: voltar a aparecer ali. Tenho de provar às pessoas que estou em boa forma e jogando bem. Eu tenho de conquistar esses prêmios de novo, como já conquistei antes. Tenho de mostrar que estou de volta", afirmou.

Muito de seu otimimo ele atribui à sua boa fase não apenas física, mas também psicológica: "Não diria exatamente que sou um novo homem, mas sempre que você chega a um lugar novo, você se sente diferente. Me sinto renovado, pronto para conquistar o mundo de novo”, disse, acrescentando que pretende ganhar todos os título que disputa com o Milan.

Resposta às críticas
Além de falar de suas ambições, na entrevista à Four Four Two, Ronaldinho responde às criticas que habitualmente lhe são feitas, como a de que ele desapareceria em momentos decisivos: "Sempre joguei nos grandes jogos: Barça x Madrid, PSG x Olympique, Grenal", rebateu, negando também que tenha perdido a motivação depois de vencer a Liga dos Campeões. "Não é verdade. Não é difícil se motivar quando você conquista os títulos. É mais difícil quando você não conquista".

Questionado sobre os boatos de que não treinaria para frequentar noitadas, Ronaldinho respondeu o seguinte: "O que a imprensa diz não me incomodou, porque os meus colegas e o meu técnico sabiam a verdade. Eles sabiam que eu ia trabalhar todos os dias porque me viam lá".

Sobre a saída do Barcelona, o brasileiro não fez criticas nominais ao atacante Eto'o, mas deixou sua insatisfação nas entrelinhas: "Paramos de conquistar os títulos. Quando você vence, é tudo maravilhoso. Quando você perde, é tudo péssimo. Você se acostuma com isso, mas uma coisa com que você não se acostuma são as mentiras. Elas te incomodam e irritam".

"Preferi deixar o Barcelona enquanto tinha lembranças felizes, em vez de sair pensando mal da minha época lá", afirmou o jogador, que confirmou não terem sido pequenas as chances de ele trocar a Espanha pela Inglaterra.

"Meu irmão falou com eles [Manchester City] muitas vezes. O projeto deles é do tipo que interessa a qualquer jogador. Logo, eles podem ser um dos melhores times da Inglaterra. Meu irmão avaliou a proposta com cuidado. Mas quando comecei a falar com meu irmão, ele já tinha as coisas bem encaminhadas com o Milan", afirmou.

Deslumbramento com a casa nova
Ao Milan, o brasileiro não poupou elogios: "É o melhor clube do mundo, uma instituição de verdade, com um grande número de torcedores e uma estrutura fantástica. O Berlusconi dizia faz anos que gostaria de me contratar. E, no fim, eu senti que era a hora certa de dizer sim. Este clube é uma família e isso é especialmente importante para nós, brasileiros. Eu fui tratado como se estivesse no Milan faz muitos anos".

“Quando você olha para o seu futuro, tem de imaginar como vai jogar, em que tipo de time vai estar, quem são os jogadores e como a vida vai ser. Olhei para o meu estilo de jogo para saber se cabia na equipe. Também olhei para como viveríamos em família. O Milan era o melhor lugar para eu ir", conta à revista.

Ainda que com a tradicional diplomacia, o Gaúcho também não escondeu que há diferenças entre o Barcelona e o Milan. A favor de seu novo clube: “Sempre trabalhei duro no Barcelona, mas quando você chega a Millanello tem algo especial, um charme, um clima".


Leia mais sobre: Ronaldinho Gaúcho Milan Barcelona Four Four Two



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


AP

Resposta às críticas
Ronaldinho ainda garantiu que não perdeu a motivação no Barça após conquistar a Liga

Topo