iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

05/12 - 20:42

Andrés cita Kléber Pereira para reclamar do STJD
"Acho que o mesmo critério deve ser adotado para todos. Tem jogador que fala que o árbitro está com o bolso cheio e pega uma pena leve”, disse

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, reprovou a punição imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva ao clube nesta sexta-feira. Pela confusão na partida contra o Avaí, o meia Morais foi condenado a 125 dias de suspensão.

Já o volante Elias acabou pegando dois jogos de gancho, contra um do atacante Herrera e três do zagueiro Chicão, que não entrou na briga, mas foi indiciado por ter sido expulso no fim do jogo.

“Não acho que foi tão injusto assim, mas acho que o mesmo critério deve ser adotado para todos. Tem jogador que fala que o árbitro está com o bolso cheio e pega uma pena leve”, disparou o dirigente, ao site Justicadesportiva. O presidente corintiano se refere ao atacante Kléber Pereira, do Santos, que acusou o árbitro da partida contra o Vasco de ter sido subornado pelo clube carioca, mas só levou um jogo de suspensão no STJD.

Após o julgamento desta sexta-feira, a defesa do Timão anunciou que irá recorrer. Um novo julgamento dos envolvidos na confusão do jogo contra o Avaí deve acontecer no próximo dia 18 de dezembro. “Acho que vamos recorrer sim, mas isso eu deixo para o departamento jurídico tomar as providências”, despistou Andrés Sanchez, tentando se conformar com a “derrota” no tribunal. “Os auditores têm a consciência do que fazem e vamos acatar a decisão”.


Leia mais sobre: Andrés Sanchez Kléber Pereira



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo