iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

04/12 - 14:26

Resignado na reserva, Pedrinho lamenta por ajudar fora de campo
"A melhor forma que eu gostaria de estar ajudando é dentro do campo, mas respeito muito a decisão do treinador"

 

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - O técnico Renato Gaúcho ainda não divulgou quem irá escalar para o próximo jogo do Vasco, que recebe o Vitória neste domingo para tentar definir sua permanência na Série A do Campeonato Brasileiro. A partida acontece às 17 horas (horário de Brasília) e é primordial para os vascaínos, que dependem de uma combinação de resultados para não terem o mesmo destino de Portuguesa e Ipatinga.

No entanto, quem certamente ficará no banco de reservas é o meia Pedrinho. Experiente e revelado pelo próprio Vasco, onde conquistou diversos títulos na década de 90, o jogador sofre por não estar conseguindo ajudar da maneira como gostaria.

“A melhor forma que eu gostaria de estar ajudando é dentro do campo, mas respeito muito a decisão do treinador. Espero ajudar treinando, com a minha presença, mostrando um pouco de liderança”, afirmou Pedrinho, que mostrou vontade em permanecer no Vasco na próxima temporada.

“Cheguei atrasado pois estava nos Emirados Árabes, mas quero renovar e ficar no ano que vem aqui no Vasco. Não tenho me machucado e na hora que eu souber que não estou ajudando, eu tenho autocrítica e serei o primeiro a querer parar”, completou o jogador.

Pedrinho ainda aproveitou a entrevista desta quarta para rechaçar a tese de que um rebaixamento seria benéfica para reestruturar o clube. “Não precisa cair para melhorar. Podemos continuar na primeira divisão, sair machucado, mas saber que ano que vem vai ser tudo melhor”, acrescentou o meia cruzmaltino.


Leia mais sobre: Vasco Pedrinho



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo