iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

04/12 - 10:15

"Pagador de promessas", Felipe já pensa em 2010

Goleiro quer a classificação para a Libertadores no ano que vem, para conquistar o título no ano do centenário

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Nem bem terminou 2008 para o Corinthians e o goleiro Felipe já pensa em 2010. Depois de deixar escapar a vaga na Libertadores ao perder a final da Copa do Brasil para o Sport, o camisa um da equipe alvinegra quer garantir a classificação do time ao torneio continental na próxima temporada para obter o título inédito em dois anos.

“Seria um marco para o Corinthians, disputar a Libertadores em 2010 e conquistar o título, que seria inédito. Eu brinco que já está tudo programado: perdemos a Copa do Brasil deste ano para se classificar para a Libertadores em 2009 e ganhar a Libertadores no ano do centenário”, previu Felipe, em entrevista à Rádio Globo.

Depois de conseguir se destacar no elenco que deu o vexame de ser rebaixado em 2007, Felipe seguiu em alta com a Fiel e foi um dos líderes do time que conseguiu o acesso com sobras nesta temporada. Agora, o jogador trabalha para pagar todas as promessas que fez antes de o Timão selar o retorno à elite do futebol nacional.

“Já paguei uma das promessas, mas tenho que pagar mais porque os pedidos foram grandes e todos acabaram atendidos. Não dá para pagar tudo de uma vez. Ainda tenho que colocar muita vela no Bonfim pra agradecer tudo”, riu o goleiro.

O reconhecimento do trabalho de Felipe veio através de prêmios na temporada: foi o goleiro menos vazado do Paulistão e da Segundona. “Estou ficando mal-acostumado com troféus”, esnobou, antes de dividir os méritos. “Isso coroa não só o goleiro, mas o sistema defensivo do Corinthians, que foi muito criticado e agora está bem”, concluiu.


Leia mais sobre: Felipe Corinthians



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

Santo de casa
Goleiro corintiano voltou à primeira divisão como havia prometido e agora quer Libertadores

Topo