iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

04/12 - 12:06

Beckham: 'Ainda não me dêem como acabado'

"É importante que eu continue a me manter em forma, e esse é um dos motivos pelos quais jogarei com o Milan por alguns meses", declarou o jogador inglês

Gazeta Esportiva

MILÃO (Itália) - Oficialmente, o meia David Beckham ainda não faz parte do elenco do Milan, o que deve acontecer apenas no começo de 2009. Ainda assim, o Spice Boy promete não decepcionar a torcida rubro-negra, que defenderá possivelmente apenas até março, quando deverá se reapresentar ao Los Angeles Galaxy para a disputa da próxima temporada da Major League Soccer.

Aos 33 anos e com passagens por clubes como Manchester United e Real Madrid, Beckham assinou com o Milan no final de outubro, e garante que ainda poderá surpreender pelo bom desempenho. O camisa 23 acredita que poderá até voltar para a seleção inglesa, desde que não fique parado – o que fatalmente aconteceria durante sua intertemporada nos EUA.

“É importante que eu continue a me manter em forma, e esse é um dos motivos pelos quais jogarei com o Milan por alguns meses. Deram-me a possibilidade de jogar por um dos clubes mais importantes do mundo”, disse Beckham em entrevista ao canal de TV por assinatura Sky Sports, da Inglaterra, pedindo mais crédito a suas apresentações. “Ainda não me dêem como acabado.”

Ainda que não tenha sido completamente descartado pelo técnico Fabio Capello, o astro não tem sido presença constante nas convocações da seleção inglesa. Ainda assim, o meia acredita que tem condições de disputar a Copa do Mundo de 2010, na África do Sul, quando terá 35 anos e poderá disputar a competição pela quarta vez consecutiva.

“Penso em uma partida de cada vez. Se eu chegarei até o Mundial, bom. Mas, no momento, aproveito as Eliminatórias e gosto do modo como a equipe está jogando e se unindo como um grupo. Jogar por seu próprio país é uma honra”, afirmou.


Leia mais sobre: David Beckham Milan



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo