iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

03/12 - 15:19

Túlio: "Se ficar no Brasil, devo jogar no Corinthians"
"Logo que comuniquei minha saída do Botafogo, pedi para um amigo falar com alguém de lá que eu estava à disposição"

 

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - A diretoria do Corinthians ainda desconversa, mas o volante Túlio deve ser o primeiro reforço do time para 2009. Nesta quarta-feira, um dia depois de se desligar do Botafogo, o jogador se mostrou bastante otimista quanto a um acerto com o Timão.

“Recebi uma sondagem do futebol árabe, mas ainda não sei. Se ficar no Brasil, a tendência é que jogue no Corinthians. Foi um clube que já me procurou e foi sempre muito correto e ético comigo. Se tiver uma boa proposta, tem tudo para dar certo', confirmou o volante, em entrevista à Rádio Brasil, do Rio de Janeiro.

“Logo que comuniquei minha saída do Botafogo, pedi para um amigo falar com alguém de lá (Corinthians) que eu estava à disposição. Só estou aguardando o retorno', completou.

E o retorno aguardado por Túlio deve chegar em breve. Sem dar muitos detalhes, o vice-presidente de futebol do Corinthians, Mário Gobbi, demonstrou que o clube já deve começar a negociar com o volante.

“Só ontem (terça) o Túlio conseguiu sua liberação. Agora, vamos estudar esse assunto, ver as condições. Sem dúvida que é um grande jogador e, como tal, nos interessa”, afirmou o dirigente, à Rádio Jovem Pan.

Gobbi ainda afirmou que Tcheco, do Grêmio, está fora dos planos. O próprio jogador, nesta manhã, disse que quer ficar no time gaúcho.

Sobre a permanência do atacante Herrera, o dirigente não trouxe novidades e reiterou que o pagamento dos 15% da transferência a que o atleta teria direito é o principal entrave da negociação.

O Timão diz que não está definido quem tem que arcar o valor. O Gimnasia La Plata, dono de parte dos direitos do atleta, rebate e afirma que negou a proposta por Herrera apresentada pelo clube brasileiro na última sexta.


Leia mais sobre: Túlio Corinthians



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo