iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

02/12 - 14:17

Sem ambições, Botafogo promete empenho contra Palmeiras

"Temos um compromisso com a história do Botafogo, com os nossos torcedores e com o Campeonato Brasileiro”, disse Ney Franco

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - O elenco do Botafogo se reapresentou nesta terça-feira pela manhã, em General Severiano, e começou a preparação para a partida de despedida no Campeonato Brasileiro contra o Palmeiras. Com 50 pontos, o Alvinegro carioca apenas cumpre tabela, pois não tem mais chances de título ou de ir para a Copa Libertadores, já está garantido na próxima Copa Sul-Americana e não corre mais risco de rebaixamento.

Justamente por isso, alguns torcedores botafoguenses prometem até mesmo torcer pelo Verdão para prejudicar o arqui-rival Flamengo, que disputa com o time paulista e com o Cruzeiro uma vaga na Libertadores. Porém, no Botafogo todos garantem o máximo de empenho e asseguram que a meta é a conquista dos três pontos.

“Posso assegurar que vamos entrar em campo em busca de uma vitória. Não queremos terminar o ano dessa maneira senão vamos começar 2009 sendo cobrados desde a primeira partida. Temos um compromisso com a história do Botafogo, com os nossos torcedores e com o Campeonato Brasileiro”, explicou Ney Franco.

Para o meia Lucio Flavio, o Botafogo deve esquecer que a conquista de uma vitória pode beneficiar o Flamengo, já que no entender do Maestro, o Alvinegro deve trabalhar para encerrar o Campeonato Brasileiro da melhor maneira possível.

“O Botafogo joga para tentar fechar a temporada com uma vitória. Conseqüentemente esse resultado pode favorecer o Flamengo se ele fizer a sua parte. Mas nós não temos que pensar nisso. Temos que focar em trabalhar para vencermos por causa do Botafogo”, disse Lucio Flavio.

O time para esta partida de domingo só vai começar a ser definido nesta quarta-feira, quando acontecem os primeiros trabalhos com bola. Isso porque a atividade desta terça-feira foi marcada por treinos físicos.

Existe a possibilidade de Ney Franco contar com o atacante Wellington Paulista, que não joga há mais de um mês por causa de uma lesão na clavícula, sofrida no empate por 2 a 2 com o Estudiantes, da Argentina, que gerou a eliminação na Copa Sul-Americana.

“Vou analisar a situação do Wellington Paulista nesta quarta-feira, pois em dia de atividade apenas física fica muito complicado de se fazer qualquer análise. O jogador quer atuar, mas precisamos ver como ele vai se comportar fazendo os movimentos de jogo. Em condições vou escalá-lo porque ele vem fazendo muita falta ao nosso setor ofensivo”, explicou Ney Franco.


Leia mais sobre: Botafogo Ney Franco



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo