iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

02/12 - 17:02

Na mira do Timão, Túlio rescinde com o Botafogo

“Saio triste por não ter conquistado os títulos que gostaria mas com a certeza de que dei o máximo por essa camisa"

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Como já era esperado, o volante Túlio não será jogador do Botafogo em 2009. A saída do jogador foi definida em reunião realizada na tarde desta terça-feira, antes mesmo do jogo de despedida do time carioca do Brasileirão, contra o Palmeiras, no próximo domingo.

Um dos principais líderes do elenco alvinegro nos últimos anos, Túlio chegou ao Bota em 2003, vindo do Goiás. Saiu do clube em 2005 para defender o Oita Trinita, do Japão, e retornou a General Seberiano em 2007. Ele tinha contrato com o clube carioca até dezembro de 2010.

“Saio triste por não ter conquistado os títulos que gostaria mas com a certeza de que dei o máximo por essa camisa e vivi momentos marcantes da história do clube. Virei botafoguense e não deixarei mais de ser”, garantiu o jogador, ao site oficial do Bota.

“Desde que estou aqui, o clube resgatou sua dignidade, se reestruturou, passou a entrar nas competições brigando por títulos. Estou saindo, pois sinto que preciso mudar de ares. Acho que também será bom para o clube”, completou.

Mesmo com a forte identificação do atleta com o bota, a saída de Túlio era dada como certa nos últimos meses. A falta de títulos, além do atraso dos salários, pesaram contra a permanência do jogador, que é um dos nomes da lista de reforços do Corinthians para 2009.

“Recebi algumas sondagens por telefone mas somente agora que acertei a minha saída do Botafogo me sinto à vontade para retornar as ligações”, afirmou Túlio, sem revelar os clubes interessados. A partir desta quarta-feira, ele sequer treina com o elenco do Botafogo.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

Últimos autógrafos?
Túlio atende torcedores em treino do Botafogo; dias no Rio de Janeiro podem estar contados

Topo