iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

02/12 - 18:42

CBF elimina taxas de aluguel e Goiás abaixa preço de ingressos

Entradas para Goiás x São Paulo passam a custar R$ 150, R$ 200 e R$ 250, e ainda há meia-entrada para doadores

Gazeta Esportiva

GOIÂNIA - A diretoria do Goiás anunciou, nesta terça-feira, que o preço para os ingressos para o confronto contra o São Paulo, antes fixados em R$ 400, foram reduzidos. O clube recebeu uma ligação do Governador de Goiás, Alcides Rodrigues, anunciando que, em conjunto com a CBF, eliminou uma série de custos, o que permite a diminuição do preço das entradas.

Desta forma, as entradas para os setores localizados atrás do gol passam a custar R$ 150, nas laterais do estádio, R$ 200, e nas tribunas de honra, R$ 250. Os torcedores que levarem 1kg de alimento não perecível ainda poderão adquirir meia-entrada – o destino das doações são as cidades destruídas pelas enchentes em Santa Catarina.

“A Federação tirou a taxa. As despesas que iam ser de mais de R$ 100 mil foram abatidas e o aluguel do estádio também não será cobrado. Assim, estamos em condição de fazer esses valores. Tivemos a cabeça fria no sinal de que havia necessidade de entrar em acordo em benefício da torcida e sobretudo da CBF, que já estava de ‘calças curtas’”, disse o presidente do Goiás, Pedro Goulart, à Rádio Globo, confirmando a alteração.

O dirigente ainda confirmou que a decisão do Esmeraldino em colocar valores tão expressivos para um jogo de futebol aconteceu por conta da forma arbitrária como a CBF transferiu o jogo – antes mesmo da oficialização da punição sobre o Goiás, a entidade já havia determinado o Bezerrão como local do confronto, segundo Goulart.

“O problema todo nasceu disso, porque tínhamos o direito de escolher. Tivemos proposta de vários Estados que queriam comprar o jogo e assumiriam o custo. Se nós tivemos esse desgaste nacional, foi em virtude de a CBF marcar o local sem a nossa consulta, o que dificilmente aconteceria se fosse algum clube que tem nome grande em todo o Brasil”, criticou.

Segundo Pedro Goulart, a carga de ingressos destinada a cada torcida ainda será determinada por Goiás e São Paulo.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo