iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

01/12 - 11:31

Técnico e presidente cobram empenho dos jogadores do Cruzeiro
"Deixamos jogar, não parecia uma equipe que estava querendo uma vaga", lamentou Adilson Baptista

Gazeta Esportiva

PORTO ALEGRE - A derrota para os reservas do Internacional ainda não foi digerida pelos cruzeirenses. Os jogadores tiveram a postura criticada não só pela torcida, como também pelo técnico Adilson Batista e pela diretoria.

Esperava-se uma equipe mais determinada em campo, dada a importância da partida para o Cruzeiro, que teria se garantido na Libertadores caso tivesse vencido.

“A equipe esteve muito apática. Assistiu, deixamos jogar, não parecia uma equipe que estava querendo uma vaga, uma classificação em busca do objetivo. O time entrou dispersivo, assistindo, então acabamos pecando. O Internacional poderia ter feito até mais gols”, avaliou o treinador.

A bronca do comandante ainda foi mais longe. “O Lauro bateu dez tiros de meta e o pessoal estava dominando a bola no peito. Isso não pode, não existe, tem que ter mais atenção, olhar as costas, acompanhar, e ficou o jogo propenso ao contra-ataque”, reclamou.

Por sorte, o tropeço do Flamengo no Maracanã deixou a Raposa na quarta posição, bem próxima da vaga na elite do continente. Por isso, será preciso deixar a cobrança de lado e abraçar a equipe para assegurar a classificação, que pode vir na última rodada no duelo em casa contra a já rebaixada Portuguesa.

“Pedimos desculpas, mas precisamos do incentivo do nosso torcedor. Não vencemos, mas precisamos reunir forças e contamos com a ajuda do torcedor no próximo domingo. A gente precisa agora ser empurrado pelo torcedor, fazer um grande jogo e nos classificarmos na Pré-Libertadores ou quem sabe na terceira colocação”, pediu Adilson Batista.

Em tom de cobrança frente aos jogadores, o presidente Alvimar Perrella também pede foco na classificação para o principal torneio da América do Sul. “Nosso time tem a obrigação de conquistar a vaga na Libertadores. É o mínimo que podemos dar à nossa torcida. Temos que fazer uma mobilização geral nesta semana para que a gente vença a Portuguesa, a justiça seja feita e a gente não fique de fora da Libertadores”, disse o cartola.


Leia mais sobre: Adilson Baptista Cruzeiro



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo