iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

01/12 - 16:21

Presidente do STJD minimiza inflação nos ingressos da 'final'

"Desde que a renda seja revertida para as vítimas das enchentes em Santa Catarina, não vejo problema algum"

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Irritado com a punição do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) que tirou dois mandos de campo do Goiás e obrigou o time do Serra Dourada a atuar fora de seus domínios na última rodada do Campeonato Brasileiro, o vice-presidente do clube esmeraldino, Edmo Pinheiro, resolveu radicalizar. O dirigente avisou que os ingressos para a partida que definirá o rumo da taça de campeão nacional neste domingo, contra o São Paulo, poderão custar até R$ 400.

Se a intenção do cartola em inflacionar as entradas para a 'decisão' marcada para o estádio Bezerrão causou polêmica por um lado, por outro ganhou apoio do presidente do Tribunal da CBF, Rubens Approbato Machado.

Principalmente pelas intenções nobres da idéia, que é destinar parte da renda (em dinheiro e alimentos) para as vítimas dos temporais que devastaram parte do estado de Santa Catarina.

Nesta segunda-feira, após participar da palestra proferida pelo ministro dos Esportes, Orlando Silva, no centro de São Paulo, Approbato foi abordado sobre o tema e, de maneira extremamente simples, sinalizou positivamente.

'Desde que a renda seja revertida para as vítimas das enchentes em Santa Catarina, não vejo problema algum'. O cartola também afirmou ser praticamente impossível uma mudança de local da partida durante a semana, apesar de haver tempo hábil sem que se fira o Estatuto do Torcedor.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo