iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

01/12 - 15:21

Maradona vê vitória do líder Boca e dilúvio em clássico
Meia Riquelme deu show e garantiu o Boca Juniors na liderança do Torneio Apertura, ao marcar gols da vitória sobre Racing

Gazeta Esportiva

BUENOS AIRES (Argentina) - Diego Armando Maradona pôde conferir de perto uma atuação destacada de seu futuro camisa 10 na seleção argentina. Sob os olhos do ídolo, no camarote cativo na Bombonera, o meia Juan Román Riquelme deu show e garantiu o Boca Juniors na liderança do Torneio Apertura do Campeonato Argentino, marcando os dois gols na vitória por 2 a 1 sobre o Racing neste domingo.

Grande nome do atual elenco do Boca, Riquelme abriu o placar para o time da casa aos 38 minutos do primeiro tempo, de pênalti. O Racing conseguiu chegar ao empate ainda antes do intervalo, com o atacante Franco Sosa cabeceando sem chances para o goleiro Javier García após cobrança de escanteio aos 45 minutos.

A partida foi definida na Bombonera aos 13 minutos do segundo tempo, por Riquelme. Após um chute do atacante Lucas Viatri, a bola subiu muito e o meia, mesmo assim, completou um chute de primeira. O goleiro Pablo Migliore nada pôde fazer para evitar o triunfo boquense.

O Boca, desta forma, sustenta a liderança do Torneio Apertura e chega aos 35 pontos, contra 33 do vice-líder Tigre restando duas partidas para o fim do Argentino. O Racing, com 21 pontos, é o 13º da tabela.

O Tigre, aliás, conseguiu permanecer na cola do Boca Juniors graças a uma vitória sobre o arqui-rival do time xeneize: o decepcionante River Plate, que mesmo jogando em casa no Monumental de Nuñez acabou derrotado de virada, por 3 a 1.

O River saiu na frente aos dois minutos de jogo com o atacante Santiago Salcedo, em cobrança de falta. Mas o também atacante Carlos Luna conseguiu a virada para os visitantes ainda na etapa inicial, com gols aos 26 e aos 40 minutos do primeiro tempo. Aos 49 do segundo, Cristian Bardaro definiu o jogo em contra-ataque.

O River, atual campeão, continua assim com apenas duas vitórias nesta edição do Torneio Apertura. Com apenas 13 pontos ganhos, o segundo time mais popular da Argentina é o lanterna da competição.

Dilúvio
As duas últimas partidas desta 17ª rodada do Torneio Apertura não conseguiram ser concluídas por causa da forte chuva que caiu sobre a Argentina: Godoy Cruz x Estudiantes de La Plata e o clássico entre os arqui-rivais Huracán e San Lorenzo, que teria a visita de Maradona, também na Bombonera.

Mas o técnico da seleção não conseguiu ver nada além de... água no clássico. Isso porque uma tempestade despencou sobre o estádio boquense e o árbitro Saúl Laverni foi obrigado a interromper a partida aos 16 minutos do primeiro tempo. O Huracán vencia por 1 a 0, com gol de Javier Pastore dois minutos antes.

Confira a rodada:

Independiente 0 x 1 Banfield
Gimnasia y Esgrima de La Plata 1 x 0 Colón
Gimnasia y Esgrima de Jujuy 1 x 0 San Martín de Tucumán
Lanús 2 x 1 Arsenal de Sarandí
Tigre 3 x 1 River Plate
Argentinos Juniors 0 x 0 Rosario Central
Boca Juniors 2 x 1 Racing
Newell’s Old Boys 1 x 0 Vélez Sársfield


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo