iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

01/12 - 08:12

Adilson Batista pede desculpas por derrota do Cruzeiro

Com a derrota, equipe perdeu a terceira posição para o Palmeiras e caiu para o quarto lugar, com 64 pontos

Agência Estado

BELO HORIZONTE - O Cruzeiro voltou a decepcionar o seu torcedor neste domingo. Novamente demonstrando irregularidade no Brasileirão, o time mineiro não conseguiu sequer arrancar um empate diante da equipe reserva do Internacional, em Porto Alegre.

A derrota por 1 a 0 fez até com que o técnico Adilson Batista pedisse desculpas à torcida celeste.

"Pedimos desculpas, mas precisamos do incentivo do nosso torcedor. Não vencemos, mas precisamos reunir forças e contamos com a ajuda do torcedor no próximo domingo", disse o treinador, já projetando a partida decisiva contra a rebaixada Portuguesa, pela última rodada, no Mineirão. "A equipe esteve muito apática, assistiu, deixamos jogar, não parecia uma equipe que brigava pela vaga, por um objetivo."

Com a derrota, o Cruzeiro perdeu a terceira posição para o Palmeiras, e aparece agora em quarto, com 64 pontos, um a menos que a equipe paulista. Diante desta situação, Adilson Batista chegou a admitir a possibilidade de o time mineiro não conseguir a vaga para a fase de grupos da Libertadores, ficando apenas em quarto. Se for assim, o Cruzeiro terá que disputar a primeira fase da competição, em confronto eliminatório contra um time da Bolívia, ainda não definido.

Para recuperar a terceira colocação, o Cruzeiro precisa ganhar da Portuguesa no Mineirão e torcer para que o Palmeiras não supere o Botafogo. E para vencer em casa, o volante Ramires, um dos destaques da equipe neste Brasileirão, cobra concentração. "Agora temos que concentrar ao máximo para não deixar escapar a vaga. Temos tudo para ganhar da Portuguesa e nos garantir na Libertadores", disse.


Leia mais sobre: Cruzeiro Adilson Batista Campeonato Brasileiro



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Vipcomm

Deixou jogar
Adilson lamentou a atitude do Cruzeiro diante da festa do Internacional

Topo