iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

30/11 - 16:30

Marco Aurélio se diz arrasado e vê chateação de jogadores
“Nós somos um time e temos de jogar futebol. Mas o Rogério ficou mesmo sensível", explicou o dirigente

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - A torcida do São Paulo está em clima de festa no estádio do Morumbi e também nos arredores do local. No entanto, o time comandado por Muricy Ramalho está chateado.

Em função da morte de Marcelo Portugal Gouvêa, o superintendente de futebol do clube, Marco Aurélio Cunha, expressou a tristeza de quem conviveu com o ex-presidente.

“Estou arrasado. Perdi um amigo, um irmão mais velho, quase um pai... Perdi completamente a vontade de estar aqui hoje. Estou aqui pelo profissionalismo, em respeito a ele e também à torcida que precisa de nós”, comentou.

O dirigente explicou que os jogadores mais experientes, que estão no clube há mais tempo, estão chateados. Marco Aurélio, inclusive, citou o goleiro Rogério Ceni como exemplo.

“Nós somos um time e temos de jogar futebol. Mas o Rogério ficou mesmo sensível. Os meninos sabem tolerar isso um pouco mais, mas quem conviveu com ele está amargurado”, comentou.

Marco Aurélio Cunha se expressou até o momento em que ficou com a voz embargada e saiu em direção aos vestiários. “Perdemos um grande presidente e queremos vencer por ele. É um compromisso e uma responsabilidade”, afirmou.

Marcelo Portugal Gouvêa foi presidente do clube entre 2002 e 2006, quando conseguiu eleger seu sucessor, Juvenal Juvêncio. O ex-presidente, que na atual gestão ocupava o cargo de diretor de planejamento, morreu na noite de sábado.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo