iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

30/11 - 20:15

Derrota do Cruzeiro motivou Palmeiras ainda dentro de campo
Quem revelou o pedido por mais cuidado na retaguarda foi o próprio Diego Souza na saída do campo

Gazeta Esportiva

SALVADOR - Em busca dos três pontos durante quase todos os 90 minutos, o Palmeiras terminou o duelo com o Vitória no Barradão acuado. Até Alex Mineiro fez falta no campo de defesa para segurar o empate por 0 a 0. Tudo por causa de uma informação de Wanderley Luxemburgo: o Cruzeiro perdeu para os reservas do Internacional e o Flamengo empatou com o Goiás.

Como os confrontos no Beira-Rio e no Maracanã acabaram antes do compromisso alviverde em Salvador, o técnico chamou Diego Souza na lateral e confirmou o que os atletas já sabiam no intervalo: “Agora acabou o jogo do Cruzeiro. Nesta posição, só dependemos de nós”, disse o comandante, apontando que o Verdão só depende de seu resultado contra o Botafogo, no próximo domingo, para ter vaga na Libertadores.

Quem revelou o pedido por mais cuidado na retaguarda foi o próprio Diego Souza na saída do campo. “O mais importante era conquistar os três pontos. Mas, no final, a gente já sabia que o Cruzeiro tinha perdido e, com o empate, levávamos vantagem para a próxima partida e podendo decidir em casa. Ganhando, estamos na Libertadores”, projetou o meia.

Minutos mais tarde, Luxemburgo contava sua estratégia sem demonstrar arrependimento. “É importante fortalecer a cabeça dos jogadores. Já tinha avisado que o importante era marcar pontos hoje (domingo), porque podem ter resultados favoráveis e o empate pode ser um bom negócio. E foi”, comemorou.

Dos quatro times que iniciaram a rodada com chances de ir à Libertadores, o único que se juntou ao já classificado São Paulo foi o Grêmio, que goleou o Ipatinga por 4 a 2. Com os tropeços de Cruzeiro e Flamengo, o Palmeiras terminou a penúltima rodada do Brasileiro em terceiro lugar, com 65 pontos, um acima de seus concorrentes.

Para voltar à principal competição do continente, basta ao Verdão conquistar no Palestra Itália, diante de um Botafogo já sem pretensões, o mesmo resultado que os cariocas conseguirem na Arena da Baixada contra o Atlético-PR e os mineiros arrancarem em casa contra a já rebaixada Portuguesa.

Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo