iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

29/11 - 13:34

Tranqüilidade é a arma santista para vencer no Mineirão lotado

Para Márcio Fernandes, o fato de já terem sido vendidos 51 mil ingressos para este confronto, não causa temor entre seus jogadores

Gazeta Esportiva

SANTOS - Depois da derrota para o Coritiba, na última rodada, por 5 a 1, o Santos procurou trabalhar durante a semana para corrigir os erros cometidos no Couto Pereira e espera não repeti-los neste domingo, contra o Atlético-MG, no Mineirão. E para que isso não aconteça novamente, o elenco santista garante que a tranqüilidade deve ser a principal arma do time caso queira conquistar a vitória diante de um adversário motivado pelo apoio da torcida.

Para o técnico Márcio Fernandes, o fato de já terem sido vendidos 51 mil ingressos para este confronto, não causa temor entre seus jogadores. ˝Isso é bom para quem joga em casa (estádio lotado). Mas vamos procurar reverter isso a nosso favor. Não podemos deixar que a torcida incentive como estão acostumados. Por outro lado, todo o artista gosta de atuar para um grande público e os nossos (atletas) não são diferentes˝, disse.

Na opinião do treinador, mesmo com um retrospecto ruim fora de casa (apenas duas vitórias), o Peixe tem boas possibilidades de voltar a triunfar longe da Vila Belmiro. ˝A maioria das equipes tem um rendimento fraco como visitante. No entanto, conversei com os jogadores e acreditamos que se trabalharmos melhor a posse de bola, ter o controle do jogo, diminuindo os espaços, e saindo na hora certa, podemos vencer˝, analisou o treinador.

Já o volante Roberto Brum destaca a atuação do Santos contra o Botafogo, como exemplo para que o time saia vencedor do Mineirão. ˝Nós temos qualidade. Provamos isso quando vencemos o Botafogo. Por isso, procuramos corrigir algumas falhas que tivemos contra o Coritiba e vamos tomar cuidado para conseguirmos um bom resultado, que nos consolide na disputa por uma vaga na Sul-americana˝, concluiu.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo