iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

29/11 - 19:24

Em má fase, Real Madrid é derrotado pelo Getafe

Com a derrota por 3 a 1, Real deixa o Barcelona escapar na ponta e o técnico Bernd Schuster fica com o cargo a perigo

Redação iG Esporte com agências


MADRI (Espanha) - O Real Madrid abriu com tropeço a 13ª rodada do Campeonato Espanhol. Neste sábado, jogando fora de casa, o time do técnico Bernd Schuster voltou a decepcionar sua torcida e foi derrotado pelo Getafe por 3 a 1, fora de casa.

O resultado manteve o Real na vice-liderança da competição, com 26 pontos. No entanto, a equipe do Santiago Bernabéu viu o Barcelona abrir seis pontos de vantagem ao vencer o Sevilla e ainda pode perder uma posição neste domingo, dependendo do resultado do Valencia.

Se já vinha sendo pressionado, agora o técnico alemão Schuster será ainda mais questionado no seu cargo.

Foi a segunda derrota em quatro jogos do Real pelo Campeonato Espanhol, no qual o time já havia perdido do Valladolid na 11ª rodada. Em mau momento, o time ainda acumula a eliminação na Copa do Rei frente ao pequeno Real Unión, da terceira divisão local, e as duas derrotas consecutivas para a Juventus pela Copa dos Campeões, onde o time se recuperou apenas ao vencer o BATE Borisov.

Atuando em casa, o Getafe surpreendeu o Real desde o começo, abrindo o placar logo aos três minutos do primeiro tempo. Após jogada de Jaime Gavilán pela esquerda, o meia-atacante uruguaio Angel Albín – o grande nome do jogo – recebeu a bola cruzada rasteira para trás e acertou um chute certeiro, abrindo o placar no Coliseum Alfonso Pérez.

Os blancos até tentaram sair de trás, mas sofreram um revés atrás do outro no começo da partida. Aos 14 minutos, Raul recebeu passe de Royston Drenthe e arriscou o chute da marca do pênalti, mas o goleiro argentino Roberto ‘Pato’ Abbondanzieri defendeu com o pé. Um minuto mais tarde, o holandês Wesley Sneijder se lesionou em uma jogada corriqueira, e precisou ceder lugar ao seu compatriota Rafael van der Vaart.

Apesar dos problemas, o Real conseguiu fazer um primeiro tempo equilibrado, e esteve perto de empatar com Fernando Gago aos 36 minutos. No entanto, já aos dois minutos da segunda etapa, o Getafe voltou a marcar com Albín, que fez 2 a 0 após o lançamento de Javier Casquero que Gago não conseguiu desmarcar.

De tanto insistir, os madrilenos conseguiram marcar um gol, balançando as redes com Javier Saviola aos dez minutos. Após roubada de bola de Guti, o argentino recebeu o passe na área e bateu para o gol, fazendo 2 a 1 e dando esperanças à torcida visitante. Esperança, porém, que não durou muito.

Oito minutos mais tarde, os donos da casa mostraram estar vivos na partida, acertando uma bola na trave de Casillas em chute do volante alemão Eugen Polanski. De quebra, aos 36 minutos, o atacante nigeriano Ikechukwu Uche – que entrou no lugar do ex-madridista Roberto Soldado – recebeu passe de Albín no contra-ataque e bateu para o gol, encerrando o placar da partida.

Derrotado, o time da capital espanhola volta a entrar em campo pelo Espanhol para enfrentar o Sevilla, em jogo no Santiago Bernabéu que vale a reabilitação dos madridistas. O Getafe, por sua vez, tem mais uma missão complicada, visitando o embalado Villarreal no próximo final de semana.

Com Gazeta Esportiva

Outros campeonatos:


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Reuters

Crise merengue
Real perde a segunda partida no Espanhol e continuidade do treinador já deve ser questionada

Topo