iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

29/11 - 15:34

Brum destaca confiança do elenco em Fabão e Lima

Donos de um bom ambiente com os outros jogadores, o zagueiro e atacante receberam o apoio do volante Roberto Brum

Gazeta Esportiva

SANTOS - Criticados por seus desempenhos com a camisa do Santos na temporada, o zagueiro Fabão e o atacante Lima ganham, com as suspensões de Adaílton (terceiro amarelo) e Kléber Pereira (pelo STJD), respectivamente, mais uma oportunidade de convencerem a torcida santista que ambos tem condições de continuarem na Vila Belmiro, em 2009. A chance será dada neste domingo, quando o Peixe encara o Atlético-MG, no Mineirão.

Donos de um bom ambiente com os outros jogadores, Fabão e Lima receberam o apoio do volante Roberto Brum, que garante estar, juntamente com o elenco, na torcida para que os dois façam uma boa partida contra o Galo. ˝É uma questão de honra para nós. No que depender do grupo, vamos dar toda a assistência necessária para que eles façam uma grande partida diante do Atlético-MG˝, afirmou.

Brum ainda elogiou o defensor e o centroavante pela dedicação que ambos vem demonstrando. ˝O Fabão é um cara fantástico e naquele jogo contra o Figueirense, ele foi bem e ali ganhamos o guerreiro de volta. O mesmo acontece com o Lima, que apesar de ter passado por momentos difíceis aqui, sempre está animado, trabalhando e nunca chegou de cara feia para treinar˝, contou.

Fabão, que chegou ao Alvinegro Praiano com uma contusão no tornozelo, atuou em 24 partidas neste ano. Sem reeditar as atuações da época de São Paulo, Goiás e Flamengo, o zagueiro quase foi dispensado no final de julho, porém a diretoria santista preferiu esperar o término do Campeonato Brasileiro para tomar uma decisão, até porque o clube não dispõe de verba suficiente para bancar a rescisão contratual.

Já Lima, que veio do Juventus após se destacar no Campeonato Paulista, emprestado pelo Astral, do Paraná, chegou ao Santos marcando logo dois gols nas oitavas-de-final da Taça Libertadores – contra o Deportivo Cúcuta, da Colômbia, na Vila e fora de casa. Depois de um começo promissor, o atacante - que tem 24 apresentações com a camisa alvinegra - não balançou mais as redes em nenhum dos outros 22 jogos que participou nos quase sete meses seguintes ao seu último gol pela equipe, no dia 8 de maio.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo