iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

29/11 - 12:08

Argentino Zárate prefere ficar na Lazio a ir para Real Madrid, diz empresário

Atacante atua emprestado na Itália e é um dos atacantes na mira do clube espanhol

EFE

MADRI (Espanha) - O atacante argentino Mauro Zárate, da Lazio, não se transferirá para o Real Madrid porque prefere permanecer no clube italiano - no qual atua emprestado pelo clube Al-Sadd, do Qatar -, afirma seu empresário, Luis Ruzzi. O representante afirma ainda que o presidente do Real, Ramón Calderón, poderia ser denunciado à Fifa por ter tentado contratar o jogador em novembro, fora do período de transferências.

"Zárate é da Lazio e ninguém pode tirá-lo. Quem tentar se intrometer, como o Real Madrid está fazendo, está contrariando as regras e não tem direito algum de fazer isso, porque o jogador tem contrato com o clube romano", afirma Ruzzi em entrevista publicada hoje pelo jornal italiano "Corriere dello Sport".

"Além disso, em novembro não é permitido realizar transferências de jogadores. Calderón poderia ser denunciado à Fifa", acrescenta o representante argentino.

Zárate foi cedido à Lazio pelo Al-Sadd - time do Qatar que na semana passada demitiu o técnico Emerson Leão e que conta em seu elenco com os brasileiros Felipe, ex-Vasco e Flamengo, e Rodrigo Gral, ex-Grêmio - até o fim desta temporada, e o clube italiano tem até 30 de abril para exercer seu direito de compra.

A Lazio desembolsou cerca de três milhões de euros (US$ 3,8 milhões) pela cessão do atacante e, se quiser ficar com o jogador em definitivo, terá que pagar à equipe catariana a opção de compra fixada em 18 milhões de euros (US$ 23 milhões).

"Teoricamente, se por qualquer motivo a Lazio não o mantiver, a partir de 1º de maio ele poderia voltar ao Al-Sadd e, dessa forma, ao mercado" de jogadores, indicou o agente.

Os rumores sobre uma possível saída de Zárate para o Real Madrid, surgidos depois do interesse demonstrado pelo clube espanhol, aumentaram quando o atacante argentino fez uma viagem relâmpago à capital espanhola há poucos dias.

No entanto, Ruzzi afirma que Zárate viajou porque queria esquecer a derrota sofrida no clássico contra a Roma e preferiu voar para o exterior para que ninguém o lembrasse da partida na Itália.

Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo